26°
Máx
19°
Min

Irmãos campeões no kickboxing procuram patrocínio para ir ao Pan

Biturunenses já acumulam mais de 15 medalhas e incentivo vai garantir a participação na competição internacional (Foto: Divulgação) - Irmãos campeões no kickboxing procuram patrocínio para ir ao Pan
Biturunenses já acumulam mais de 15 medalhas e incentivo vai garantir a participação na competição internacional (Foto: Divulgação)

Em Bituruna (280 quilômetros de Ponta Grossa), dois irmãos estão se destacando no kickboxing. Sucastellyane Nascimento Borges Pereira, 17 anos, e Diogo Castelar Nascimento Borges, 12 anos, entraram neste esporte por acaso e hoje tem orgulho das mais de 15 medalhas que acumulam juntos. Apesar da pouca idade de ambos, já conquistaram títulos importantes que lhes garantiram a participação no campeonato Panamericano de kickboxing em Cancún, no México, entre os dias 26 e 30 deste mês.

Os atletas treinam todos os dias e além do acompanhamento de seus mestres, eles contam com o apoio de nutricionista, fisioterapeuta e preparador físico, além de ganharem patrocínio de lojas de suplementos e roupas para treinar. Porém, para participar do Panamericano, os irmãos precisam de R$ 3.500,00 que irá pagar os custos de hospedagem, alimentação e translado dos dois e do acompanhante que irá junto com os menores de idade. “Não seria possível treinar em alto nível sem a ajuda de todos esses patrocinadores, mas as despesas para continuar lutando são altas e precisamos de mais pessoas que acreditem em nós e queiram nos ajudar”, destaca Diogo.

História na luta

Sucastellyane, carinhosamente chamada de Su ou Ane, conta que ela e a família moravam em Paula Freitas e em 2015 mudaram-se para Bituruna, onde conheceu o esporte junto com o irmão. “Fiz taekwondo por quatro anos e quando viemos para Bituruna ano passado não tinha essa modalidade, aí entrei no kickboxing para melhorar o físico. Fui incentivada a participar do primeiro campeonato e depois não parei mais”, conta a faixa verde que compete no Point Fight e Light Contact.

Entre os títulos da jovem estão o bicampeonato paranaense 2015-2016, bicampeonato da Copa Paraná 2015-2016, vice-campeã Sul-Americana 2015, todas nas duas categorias e vice-campeã brasileira no Point Fight e terceiro lugar no Light Contact ano passado. Só em 2016 já garantiu quatro medalhas de ouro importantes, sagrando-se campeã brasileira e campeã da Copa do Brasil novamente nas duas categorias.

Diogo também já tem muitas medalhas em seu currículo, apesar da pouca idade. Após praticar por um ano taekwondo, ele entrou no kickboxing junto com a irmã em 2015. Também lutando com a faixa verde, o garoto compete na categoria Point Fight sub-15 e em levou o terceiro lugar no Paranaense, é vice-campeão da Copa Brasil, campeão da Copa Paraná e campeão Sul-Americano. Já em 2016, conseguiu o ouro na Copa do Brasil, prata no campeonato paranaense, Copa do Paraná e campeonato brasileiro, competição onde também conquistou o bronze no Campeonato Brasileiro no Light Contact.

O telefone de contato com os atletas é (42) 9927-5625 e qualquer a doação é bem-vinda.

Colaboração Assessoria de Imprensa.