22°
Máx
16°
Min

Após doping, Ana Cláudia fica fora de convocação do atletismo

Flagrada em exame antidoping realizado fora de competição, Ana Cláudia Lemos ainda não está sequer suspensa pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt). Mesmo assim, ficou fora da convocação para um camping de treinamento do revezamento 4x100m na cidade de Jacksonville, na Flórida, nos Estados Unidos. A lista foi anunciada nesta segunda-feira pela própria CBAt, que não explicou os motivos de não incluir a principal velocista do País que, na prática, não está proibida de competir.

Ana Cláudia testou positivo para oxandrolona, uma dos esteroides anabolizantes mais consumidos no País, conhecido pelo nome comercial de Anavar. O exame foi realizado exatamente no mais recente camping de treinamento do revezamento 4x100 metros, em fevereiro, no Campo dos Afonsos, no Rio. Ela foi notificada pela Agência Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) solicitou a contraprova.

Ana Cláudia é a atual recordista sul-americana dos 200m (22s48) e brasileira dos 100m (11s01). Nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no ano passado, chegou a quebrar a barreira dos 11 segundos, mas a marca não foi referendada como recorde por conta do auxílio do vento. A corredora da equipe BM&F Bovespa tem índice olímpico tanto para os 100m quanto para os 200m.

Na ausência dela, a convocação para o camping, que começa nesta segunda-feira e vai até 30 de abril para as mulheres e 16 de abril para os homens, tem apenas sete atletas. Foram chamadas Rosângela Santos, Vitória Rosa (ambas têm índice para os 100m), Vanusa Santos, Bruna Farias, Franciela Krasucki, Evelyn Oliveira e Kauiza Venâncio. Evelyn dos Santos e Mirna Marques, que têm marcas melhores que de Kauiza, acabaram preteridas.

Ana Cláudia é a segunda atleta que o revezamento brasileiro perde por doping. Vanda Gomes, que era titular da equipe, cumpre suspensão de dois anos e só pode voltar às pistas em setembro.

No masculino foram convocados Vitor Hugo dos Santos, José Carlos Moreira (o Codó), Bruno Lins, Paulo André de Oliveira, Rodrigo do Nascimento, Antonio Cesar Rodrigues, Aldemir Gomes Júnior e Jorge Henrique Vides. Vitor Hugo, que completou 20 anos no mês passado e liderou o ranking nacional de 2015, já aparece na convocação como atleta da BM&F Bovespa, principal equipe do País, deixando a Brasil Foods, do Rio.