24°
Máx
17°
Min

Chuva atrasa obra milionária da nova pista de atletismo da UEL

(Foto: Agência UEL) - Chuva atrasa obra milionária da nova pista de atletismo da UEL
(Foto: Agência UEL)

As chuvas registradas em Londrina nos meses de janeiro e fevereiro vão atrasar a entrega da nova pista de atletismo do Centro de Educação Física e Esporte (CEFE) da Universidade Estadual de Londrina (UEL). 


Segundo a engenheira Silene Sayão, responsável pela fiscalização da obra iniciada em julho do ano passado, a conclusão está prevista para abril, três meses após o prazo previsto pela construtora GV Group, de Porto Alegre.

"Não é só no dia da chuva que não se pode trabalhar numa obra ao ar livre, mas pode ser necessário esperar a melhoria das condições do solo para entrar com máquinas pesadas, por exemplo", explicou. Fora a chuva, nenhum outro contratempo foi registrado.

A nova pista é de padrão internacional, e permitirá que a cidade volte a sediar grandes eventos de atletismo. A obra foi orçada em R$ 4,88 milhões e está sendo paga com recursos do Ministério do Esporte, via Caixa Econômica Federal.

O contrato com o Ministério do Esporte é de R$ 7 milhões,  e o diretor do CEFE, Hélio Serassuelo Junior, pretende usar o restante dos recursos para construções com a de uma arquibancada e almoxarifado para guardar materiais esportivos.

A pista da UEL se incluirá na classe 2, da qual existem cerca de 600 pistas em todo o mundo. A classe 1, mais sofisticada, utilizada em disputas internacionais, tem apenas cerca de 30 pistas. "Mas a diferença entre as duas classes está ligada ao que existe no entorno, e não à pista em si", explica o professor Serassuello.

(Com Agência UEL)