22°
Máx
16°
Min

Sem brilhar, Fabiana Murer vence evento no Rio; Duda fica a 1cm de índice

(Foto: Divulgação)  - Sem brilhar, Fabiana Murer vence evento no Rio; Duda fica a 1cm de índice
(Foto: Divulgação)

Fabiana Murer não conseguiu se aproximar dos seus melhores resultados, mas comemorou ter vencido, neste domingo, o Super Salto, competição amistosa realizada na Praça Mauá, na zona portuária do Rio, com a torcida muito próxima dos competidores. O torneio teve disputas de salto em distância e salto com vara, com três atletas por prova, sendo um brasileiro e um convidado.

Sob calor de 40 graus, Murer encarou as norte-americanas Katie Nageotte e Demi Payne. A brasileira alcançou 4,63m para ficar com a vitória, enquanto as rivais pararam em 4,43m. Pouco para Peyne, que já saltou 4,88m e 4,90m este mês, em eventos fechados, assumindo o quarto lugar no ranking absoluto histórico do salto com vara.

Murer ainda tentou passar o sarrafo a 4,83m, no que seria seu melhor resultado da temporada, mas falhou. A brasileira se prepara para o Mundial Indoor, que vai acontecer em Portland, na segunda quinzena de março e, até o Super Salto, só havia competido em provas indoor, alcançando 4,71m num torneio na Suécia.

POR POUCO - Mauro Vinicius da Silva, o Duda, teve um desempenho mais expressivo do que Murer, apesar de ter ficado só com a prata. Ele, que é bicampeão mundial indoor, ainda não tem índice para buscar o tri em Portland e vinha de lesões. No Rio, fez seu melhor salto em dois anos: 8,14m. Por um centímetro não alcançou o índice para os Jogos Olímpicos do Rio - a competição, apesar do formato pensado para a TV, era referendada pela Iaaf.

A vitória no salto em distância masculino ficou com o alemão Markus Rehm, que deve causar muita polêmica ainda até a olimpíada. Ele é atleta paralímpico e usa como perna de impulsão uma perna mecânica, daquelas em formato de gancho. Rehm saltou 8,24m, o equivalente ao sétimo lugar do ranking mundial. Como a IAAF autoriza ele a competir, Rehm vai disputar tanto a Olimpíada quanto a Paralimpíada como candidato ao ouro em ambas.

Augusto Dutra ficou em segundo numa prova fraca de salto com vara, passando o sarrafo só a 5,30 - ele tem 5,82m na carreira. A vitória ficou com o argentino German Chiaravaglio, seu colega de treinos em São Paulo. Já no salto em distância feminina a norte-americana Funmi Jimoh venceu. Keila Costa, já classificada para a Olimpíada, salto 6,39m e ficou em segundo. O índice para o Rio é 6,70m.