23°
Máx
12°
Min

Sem repetir melhor marca do ano, Fabiana Murer fatura bronze na Diamond League

Sem repetir a grande marca da temporada, que registrou no Troféu Brasil, Fabiana Murer faturou a medalha de bronze no salto com vara da etapa de Mônaco da Diamond League, nesta sexta-feira. A brasileira saltou 4,65 metros, abaixo dos 4,87 metros que alcançou no Troféu Brasil, em São Bernardo do Campo, na semana passada.

Se tivesse repetido a marca, que lhe valeu o recorde sul-americano e a liderança do ranking da temporada, Murer teria levado a medalha de ouro nesta sexta. Isso porque a grega Ekaterini Stefanidi, que subiu no lugar mais alto do pódio, anotou 4,81m. A cubana Yarisley Silva marcou 4,71m.

Murer iniciou a disputa com sarrafo a 4,55 metros. Após superar a altura na segunda tentativa, passou para 4,65m. Na sequência, tentou direto a marca de 4,76m. Fez três bons saltos, mas não conseguiu validar a marca.

"A prova foi boa, mas o vento estava inconstante, girando, e isso dificultou a prova, principalmente no aquecimento. Fiz um salto muito alto no 4,65m e boas tentativas no 4,76 m. Faltou ajustar alguns detalhes, mas gostei bastante dos saltos que fiz", disse a saltadora, que segue na liderança do ranking mundial do ano.

Depois de competir nesta sexta, Murer segue treinando em Mônaco nos próximos dias. Na quinta da semana que vem, ela viaja para Londres, onde vai disputar outra etapa da Diamond League. A competição em solo britânico está marcada para os dias 22 e 23. A brasileira, que é uma das raras esperanças de medalha do Brasil nos atletismo dos Jogos Olímpicos, só competirá no segundo dia.