21°
Máx
17°
Min

Sob chuva, Gatlin e Rosângela vencem Desafio Mano a Mano no Rio

Grande estrela da festa, o norte-americano Justin Gatlin não decepcionou e confirmou o favoritismo no Desafio Mano a Mano. Neste domingo, sob a chuva que caiu na Quinta da Boa Vista, Zona Norte do Rio de Janeiro, o velocista não teve maiores dificuldades para vencer com o tempo de 10s19.

Homem mais rápido do mundo nos últimos dois anos, Gatlin pareceu nem se incomodar com a chuva que deixou a pista bastante molhada. O único que se aproximou do norte-americano foi Richard Thompson, de Trinidad e Tobago, que cravou 10s29. Os dois brasileiros da prova, Vitor Hugo dos Santos e Codó, vieram na sequência com os tempos de 10s42 e 10s60, respectivamente.

Se no masculino o Brasil ficou longe das primeiras colocações, no feminino a festa foi do País. A brasileira Rosângela Santos surpreendeu a favorita Carmelita Jeter, dos Estados Unidos, e terminou na primeira colocação com o tempo de 11s23.

Jeter, dona de três medalhas olímpicas, veio logo na sequência, com a marca de 11s36, seguida de outra brasileira, Kauiza Venâncio, com 11s64, e outra norte-americana, Cleo Van Buren, com 11s65.

Na disputa para atletas paralímpicos, deu zebra. Todos esperavam uma prévia da possível final dos Jogos do Rio, com a disputa entre o norte-americano Richard Browne e o brasileiro Alan Fonteles, mas quem venceu neste domingo foi o sul-africano Arnu Fourie, com a marca de 11s18.

Browne, aliás, sofreu uma lesão muscular ainda no aquecimento e precisou ser retirado de cadeira de rodas. Ele ainda voltou e tentou correr, mas sentiu novamente nos primeiros metros e desistiu. Já Alan Fonteles decepcionou e foi somente o terceiro colocado, com 12s04. A segunda posição ficou com o grego Micheil Seitis, com 11s28.