22°
Máx
17°
Min

Thiago Braz desiste e fica com bronze no salto com vara na Diamond League

(Foto: Francisco Medeiros /ME) - Thiago Braz fica com bronze no salto com vara na Diamond League
(Foto: Francisco Medeiros /ME)

Responsável pela única medalha de ouro do atletismo brasileiro na Olimpíada do Rio, quando surpreendeu e venceu a disputa no salto com vara, Thiago Braz voltou a competir nesta quinta-feira. Novamente, mostrou que é mesmo um dos melhores do mundo na modalidade, mas desta vez não subiu no lugar mais alto do pódio. Na etapa de Zurique da Diamond League, na Suíça, teve que se contentar com o bronze.

Se há cerca de três semanas Thiago derrotou seus principais rivais para ficar com o ouro, desta vez aconteceu justamente o oposto. A disputa novamente ficou entre o brasileiro, o norte-americano Sam Kendricks e o francês Renaud Lavillenie, mas desta vez foram os outros dois que subiram ao lugar mais alto do pódio e dividiram a vitória.

Tanto Lavillenie quanto Kendricks saltaram 5,90m nesta quinta e dividiram a primeira colocação. Melhor para o francês. Se no Rio viu sua hegemonia na modalidade ir por água abaixo e ainda se tornou um dos grandes "vilões" da Olimpíada para a torcida brasileira, agora pode comemorar o título da temporada da Diamond League, mesmo com a etapa de Bruxelas ainda a ser disputada.

Na prova desta quinta, os atletas não mostraram a consistência que tiveram na decisão da medalha no Rio, quando superaram um tempo chuvoso para conseguir ótimos saltos - Thiago bateu a marca de 6,03m e quebrou o recorde olímpico.

O próprio Thiago Braz foi o primeiro a dar um susto em Zurique. Logo em sua primeira tentativa, com o sarrafo a 5,52m, errou os dois primeiros saltos e ficou a uma nova falha de ser eliminado. Pressionado, superou a dificuldade e avançou.

Os três principais nomes da modalidade seguiram em uma briga acirrada, apesar das falhas, e deixaram para trás o polonês Piotr Lisek e o checo Jan Kudlicka, seus principais concorrentes.

Thiago abriu mão de alguns saltos e voltou à disputa com o sarrafo a 5,84m. Na segunda tentativa, passou, assim como o francês Lavillenie. Kendricks conseguiu de primeira e assumiu a liderança.

Com o sarrafo mais alto outra vez, agora a 5,90m, Thiago desistiu. Sem explicação, abandonou a disputa e fechou o dia na terceira colocação. Lavillenie e Kendricks seguiram e passaram a altura. Com o sarrafo a 6,01m, no entanto, ambos falharam. Assim, dividiram a primeira colocação no pódio, com o brasileiro logo na sequência.