22°
Máx
17°
Min

Thiago Braz salta pela 1ª vez na temporada e já é o terceiro do ranking mundial

(Foto: Divulgação/CBAT) - Thiago Braz salta pela 1ª vez na temporada e é o terceiro do ranking
(Foto: Divulgação/CBAT)

Após quase dois meses da abertura da temporada internacional ao ar livre, Thiago Braz finalmente saltou. E a principal esperança de medalha para o atletismo brasileiro no Rio-2016 fez bonito. Passou o sarrafo a 5,85m para ganhar a medalha de prata do salto com vara em um meeting em Leverkusen, na Alemanha.

Mais importante do que o lugar no pódio foi o salto que o coloca em terceiro no ranking mundial. Melhor que ele só o norte-americano Sam Hendricks, que já saltou 5,92m e 5,88m esta temporada, e o canadense Shawnacy Barber, atual campeão mundial, que tem 5,91m e ganhou em Leverkusen com 5,90m.

Segundo melhor de todos os tempos, o francês Renaud Levillenie tem quatro saltos acima de 5,80m no ano, o melhor deles em 5,83m. Dentre os quatro devem sair as três medalhas na Olimpíada. Na temporada indoor, eles também ocuparam o Top 4 do ranking, com o francês em primeiro, o canadense em segundo, o brasileiro em terceiro e o americano em quarto.

Thiago só abriu agora a temporada ao ar livre, mas mostrou confiança. De acordo com a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), ele tentou superar o sarrafo a 6,00m, oito centímetros a cima do recorde brasileiro, e quase conseguiu.

Atleta da Orcampi, Thiago ainda compete na próxima terça-feira em Landau, também na Alemanha, antes de viajar para São Bernardo do Campo (SP), onde disputará o Troféu Brasil de Atletismo.