21°
Máx
17°
Min

Vitor Hugo faz índice e Brasil garante atleta nos 100m no Rio-2016

Foi no último dia possível, mas o Brasil terá pelo menos um representante na prova mais nobre do atletismo nos Jogos Olímpicos do Rio. Vitor Hugo dos Santos, de apenas 20 anos, atingiu o índice olímpico nesta quinta-feira, na semifinal do Troféu Brasil de Atletismo, que está sendo disputado em São Bernardo do Campo (SP).

Vitor, revelado no Rio por Paulo Servo e agora atleta da BM&F Bovespa, correu a distância em 10s11, abaixo da marca mínima cobra pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF), que é 10s16.

No fim de semana passado, em Cali (Colômbia), Vitor Hugo já havia corrido os 10s15, mas a marca não valeu como tomada de tempo para a Olimpíada porque o vento estava acima do permitido. Nesta quinta, o vento marcava 1,7 m/s, abaixo dos 2,0 m/s.

O índice obtido nesta quinta-feira, na segunda sessão do primeiro dia do Troféu Brasil, é um alívio para o atletismo brasileiro. Desde 1966 o País não deixa de participar dessa prova em uma Olimpíada e temia-se que isso fosse acontecer justamente em casa.

Com 10s11, Vitor Hugo assume só o 65.º lugar do ranking mundial. O recorde nacional é de 10s00, enquanto o recorde do Troféu Brasil é 10s08, ambos marcados por Robson Caetano.