22°
Máx
17°
Min

Yane cansa no final e termina Mundial de Pentatlo em 13º

Yane Marques sofreu nas últimas duas voltas da prova combinada e terminou apenas na 13.ª colocação no Mundial de Pentatlo Moderno, que teve sua final feminina nesta sexta-feira em Moscou, na Rússia. A brasileira havia largado em terceiro no combinado de tiro e corrida, chegando em quinto à última passagem pelo estande de tiro.

Aparentando estar cansada, Yane foi lenta no último estágio do tiro e foi sendo facilmente ultrapassada nos últimos 800 metros da prova, até cair para o 13.º lugar. O título ficou com a húngara Sarolta Kovacs, seguida da francesa Eloide Clouvel (prata) e da alemã Lena Schoneborn (bronze). A lituana Laura Asadauskaite ficou em quarto.

Yane abriu a final, nesta sexta-feira, com o quarto lugar na natação, prova que sempre foi o seu forte. Na esgrima, conseguiu um bom nono lugar. No hipismo, terceira prova do pentatlo moderno, ficou em 16.º. Apesar de largar em terceiro para o combinado de tiro e corrida, ela não era favorita à medalha, uma vez que as principais corredoras, como a alemã e a lituana, vinham atrás dela.

A pernambucana era a única brasileira na final, porque tanto Larissa Lellys quanto Priscila Oliveira foram mal na fase de classificação, terminando entre as últimas, em 66.º e 69.º lugares, respectivamente. Com isso, não conseguiram vaga para o Rio-2016.

Yane garantiu a vaga olímpica por duas vias: com o bronze no Mundial do ano passado e o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, também no ano passado. Em 2012, antes do bronze olímpico, ela foi sexta no Mundial.

Na atual temporada, Yane não conquistou resultados expressivos. Foi 21.ª na etapa do Cairo (Egito) da Copa do Mundo, nona no Rio e quinta em Roma (Itália). Na Final da Copa do Mundo, nos EUA, terminou em 14.º.