22°
Máx
17°
Min

Alonso é vetado pelos médicos e fica fora do GP do Bahrein

(Foto: Divulgação)  - Alonso é vetado pelos médicos e fica fora do GP do Bahrein
(Foto: Divulgação)

O espanhol Fernando Alonso não vai participar neste fim de semana do GP do Bahrein, a segunda etapa da temporada 2016 da Fórmula 1. Nesta quinta-feira, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) comunicou que o piloto da McLaren foi reprovado nos exames médicos e está fora da corrida.

Os médicos que avaliaram Alonso nesta quinta-feira em Sakhir apontaram que o espanhol ainda não está completamente recuperado dos efeitos do acidente sofrido no GP da Austrália, na abertura do campeonato. Por isso, o espanhol foi vetado e voltará a ser examinado antes da prova seguinte da Fórmula 1, na China.

"Duas tomografias computadorizadas do tórax foram comparadas e foi decidido que há uma resolução insuficiente de sinais para lhe permitir competir por razões de segurança", anunciou a FIA através de um comunicado. "Uma nova tomografia do peito foi solicitada para antes do GP da China e os resultados serão considerados antes de permitir que ele possa correr lá", acrescentou a federação.

Após ser vetado pelos médicos, Alonso se pronunciou e declarou respeitar a decisão dos especialistas da FIA. Além disso, prometeu dar todo apoio para o belga Stoffel Vandoorne, piloto reserva da McLaren e que irá substituí-lo no GP do Bahrein, ter um bom desempenho no fim de semana.

"Tentei até o último minuto correr no Bahrein depois do acidente na Austrália. Foram, logicamente, dias duros depois de um impacto tão grande, mas até o último segundo pensava só em ajudar a equipe depois do trabalho incrível que fizeram nesta semana. Entendo a posição dos médicos da FIA e agora tentarei ajudar com todas as forças meu companheiro Stoffel Vandoorne para tirar o máximo do fim de semana", escreveu Alonso em seu perfil na rede social Instagram.

Esta será a segunda vez em dois anos que o espanhol fica fora de uma prova em razão de um acidente. No ano passado, Alonso não participou do GP da Austrália após sofrer uma batida ainda durante a pré-temporada, em sessão de testes no circuito de Barcelona.

Alonso não tem nenhuma lesão grave, mas ainda sofre com uma fissura na costela, fruto do grave acidente sofrido na Austrália. No circuito de Albert Park, o espanhol se colidiu com o carro de Esteban Gutiérrez na saída da curva 3 e decolou. A sua McLaren foi totalmente destruída na batida.

O veto a Alonso abre espaço para Vandoorne, reserva da McLaren, fazer a sua estreia na Fórmula 1. E o campeão da temporada 2015 da GP2 correrá onde possui bons resultados que conhece bem, pois venceu três provas da categoria no circuito do Sakhir, que receberá nesta sexta-feira os primeiros treinos livres do fim de semana.