27°
Máx
13°
Min

Após exibir pintura, Red Bull apresenta novo carro em busca de volta por cima

(Foto: Divulgação)  - Após exibir pintura, Red Bull apresenta novo carro em busca de volta por cima
(Foto: Divulgação)

Após apresentar a pintura do seu carro para a temporada 2016 da Fórmula 1 em evento na semana passada, sem a cor roxa, a Red Bull realizou na manhã desta segunda-feira, antes do início dos testes coletivos em Barcelona, a apresentação de fato do RB12, esperando retomar a sua rotina de vitórias, interrompida no ano passado, quando nenhum dos seus pilotos subiu ao lugar mais alto do pódio.

Até pelo regulamento técnico da Fórmula 1 não ter apresentado grandes novidades em relação ao último campeonato, o carro da Red Bull não possui grandes novidades. Ele segue sendo equipado com motores da Renault, apesar da relação conflituosa com a montadora francesa ter marcado o último campeonato da equipe, que promete ter incorporado várias melhorias com base nas lições aprendidas em 2015.

O chefe da equipe, Christian Horner, reconheceu que o impasse envolvendo a definição do fornecedor de motor provocou certo atraso na preparação do carro da Red Bull para 2016, mas garantiu que ele será logo recompensado. Anteriormente, ele já havia admitido que a equipe deverá enfrentar dificuldades para ser competitiva nas primeiras provas do ano.

"Obviamente a decisão final de motor no ano passado foi um desafio, mas nós encontramos uma solução a tempo e toda a equipe tem trabalhado muito duro para se recuperar durante o inverno. Portanto, nós estamos buscando construir sobre o progresso significativo que fizemos no segundo semestre de 2015 para tentar manter esse momento nas primeiras corridas desta temporada", disse.

"Minhas esperanças para esta temporada são de que nós realmente façamos progressos a partir de onde estávamos no ano passado. Nós trabalhamos duro e realmente desenvolvemos o carro bem e espero que alguma performance venha da unidade de potência e isso nos permitirá chegar mais perto de alguns dos nossos rivais imediatos", acrescentou Horner.

Responsável pelo projeto dos carros vencedores da Red Bull, Adrian Newey reconheceu que a manutenção do regulamento freou qualquer tentativa mais ousada de alterar o modelo da equipe para o próximo campeonato.

"Muitas vezes me perguntam qual a área do carro que estou mais satisfeito, mas com os regulamentos estáveis que temos no momento é difícil encontrar qualquer grande espaço novo para explorar. Portanto, o que nós realmente tentamos nos concentrar neste carro foi em um pacote coeso para todas as partes - a suspensão, o chassi, a aerodinâmica -, que todos eles trabalhem juntos em harmonia. Eu acho que nós conseguimos construir sobre as lições do ano passado e todas as indicações de nossas simulações sugerem que o chassi deste ano deve ser forte", afirmou.

A Red Bull terminou a temporada 2015 da Fórmula 1 apenas em quarto lugar e manteve para 2016 a dupla formada pelo australiano Daniel Ricciardo e pelo russo Daniil Kvyat. O segundo lugar do Ricciardo no GP de Cingapura e a colocação idêntica de Kvyat na Hungria foram seus melhores resultados no último campeonato. A equipe faturou quatro títulos em sequência entre 2010 e 2013.