23°
Máx
12°
Min

Após voltar a vencer, Hamilton confessa: 'Rezei por um dia como este'

Após voltar a vencer, Hamilton confessa: 'Rezei por um dia como este'

Lewis Hamilton, tricampeão da Fórmula 1 e dono dos dois últimos títulos, demorou para vencer uma corrida na atual temporada. Neste domingo, o inglês da Mercedes terminou o GP de Mônaco no primeiro lugar do pódio graças a uma combinação de fatores, como a estratégia de pneus e a falha da Red Bull em um pit stop de Daniel Ricciardo. Após a corrida, ele se mostrou aliviado.

"Graças a Deus, hoje foi do jeito que eu esperava. Muito obrigado aos fãs que vieram hoje, vocês realmente fizeram o meu fim de semana. Muito obrigado à minha equipe por me dar um carro incrível para ir até o fim. Honestamente, estou sem palavras. Eu rezei por um dia como este e ele se realizou, então me sinto realmente abençoado", comentou Hamilton.

Hamilton largou na terceira posição e, no sábado, havia dito que somente a chuva e muita sorte o colocaria na ponta. Mesmo assim, após a prova ele afirmou que chegou em primeiro não por acaso.

"Eu já fiz muitas corridas, mas pessoalmente sinto que esta é a melhor de todas. No meu coração, sinto que mereci. E acredito que não houve uma pitada de sorte. Eu realmente ganhei cada centímetro do circuito, cada grama de aderência, cada ponto de habilidade que eu tive para ficar na frente de Daniel", acrescentou.

Hamilton terminou a prova na primeira colocação, seguido por Ricciardo e Sergio Perez, da Force India. O líder do campeonato, Nico Rosberg, foi apenas o sétimo colocado e quase levou uma volta do companheiro de Mercedes. Com o resultado, a vantagem na ponta entre o alemão e o britânico caiu de 43 para 24 pontos.