22°
Máx
14°
Min

Com Rosberg na ponta, Mercedes domina 1º treino na Malásia; Magnussen leva susto

Foto: Studio Colombo/ Pirelli - Com Rosberg na ponta, Mercedes domina 1º treino na Malásia
Foto: Studio Colombo/ Pirelli

Com tempo quente e úmido, mas sem chuva, a primeira sessão de treinos livres do GP da Malásia foi realizada na manhã desta sexta-feira no horário local (noite de quinta no Brasil) e nada de surpreendente aconteceu no posicionamento dos pilotos. Mais uma vez, a Mercedes dominou a atividade e fez a dobradinha com o alemão Nico Rosberg, líder da temporada, em primeiro e o britânico Lewis Hamilton, vice-líder, em segundo.

O susto do primeiro treino no circuito de Sepang foi logo nos primeiros minutos com o dinamarquês Kevin Magnussen. O piloto da Renault nem havia saído dos boxes e seu carro começou a pegar fogo. Ele rapidamente saiu do carro, sem qualquer ferimento, mas os mecânicos ficaram cerca de 10 minutos jogando pó químico com os extintores. A atividade chegou a ser paralisada por 15 minutos por causa do incidente e a sujeira foi grande na área destinada à escuderia francesa.

Na pista, Nico Rosberg sobrou. O alemão fez a melhor de suas voltas com o tempo de 1min35s227, mesmo em uma delas ter passeado na caixa de brita. Lewis Hamilton, preocupado com o ajuste de seu carro para a corrida de domingo, foi o segundo colocado com 1min35s721.

Comprovando ser a segunda força na Malásia, a Ferrari fechou o treino com o finlandês Kimi Raikkonen em terceiro lugar, com 1min36s315, e o alemão Sebastian Vettel em quarto com 1min36s331. A quinta colocação ficou com o espanhol Fernando Alonso, que surpreendeu com sua McLaren (1min36s510). No grid de largada, porém, terá de sair na 20.ª e última colocação por causa de punições por usar uma nova versão do motor Honda a partir deste final de semana.

O Top 10 do primeiro treino livre na Malásia é completado, na sequência, com dois carros da Red Bull - o australiano Daniel Ricciardo em sexto lugar, com 1min36s753, e o holandês Max Verstappen, aniversariante do dia (19 anos), em sétimo com 1min36s973 -, dois da Force India (o alemão Nico Hulkenberg e o mexicano Sergio Pérez) e, por fim, a McLaren do britânico Jenson Button.

Os brasileiros não tiveram um bom rendimento. Felipe Nasr, da Sauber, fez o 16.º melhor tempo com 1min38s184 e Felipe Massa, da Williams, foi o 18.º colocado com 1min38s339.