22°
Máx
17°
Min

Ferrari lança novo carro e resgata uso de faixa branca após 23 anos

(Foto: Divulgação) - Ferrari lança novo carro e resgata uso de faixa branca após 23 anos
(Foto: Divulgação)

Pouco depois de a Williams revelar o seu novo carro, a Ferrari apresentou nesta sexta-feira, via internet, o modelo que irá utilizar em 2016 da Fórmula 1. E o SF16-H trouxe como principal novidade visual uma faixa branca na parte alta do monoposto, layout que a escuderia italiana não tinha desde a longínqua temporada de 1993, quando o time contava com a dupla de pilotos formada por Jean Alesi e Gerhard Berger.

Agora não mais tão vermelho como tradicionalmente é, o novo carro da Ferrari espera poder fazer a dupla formada por Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen finalmente poder brigar pelo título com a Mercedes de Lewis Hamilton e Nico Rosberg, que dominaram o cenário da categoria máxima do automobilismo nas últimas temporadas.

A adoção da faixa branca na pintura do carro não é uma grande novidade, pois a própria imprensa italiana já havia adiantado, por meio de suas fontes, que o modelo traria esse novo componente estético que chamaria a atenção. Do ponto de vista aerodinâmico, a mudança que ficou clara em relação ao seu antecessor, o modelo SF15-T, foi o nariz mais curto e pontudo.

Com esta nova cara, a Ferrari confia que poderá manter a sua evolução gradativa na F1, na qual acumulou três vitórias na temporada passada e começou a incomodar um pouco mais a Mercedes. Terceiro colocado no Mundial de Pilotos de 2015, 44 pontos atrás do vice-campeão Rosberg, Vettel ressaltou nesta sexta: "Naturalmente nossas metas estão crescendo. Nós todos queremos mais e espero que este carro nos ajude a alcançá-las".

O tetracampeão mundial de F1, entretanto, deixa claro que ainda não é possível prometer uma briga de igual para igual com a Mercedes. "Melhoramos em muitas áreas. Quando eu cheguei nesta época ano passado tinha muita gente mudando seu cargo e em novas posições. Foi um tempo complicado para ter expectativas. Seremos um time forte, como vimos ano passado, mas ainda seremos mais fortes", projetou o alemão, que na próxima semana poderá andar com o novo carro na primeira bateria de testes da pré-temporada da categoria, em Barcelona, na Espanha.

Já o diretor técnico da Ferrari, James Allison, ressaltou que em 2015 a equipe deu um "passo decente" em sua luta para alcançar a Mercedes, e que agora espera que este carro permita "um outro bom passo à frente" e torne a equipe "verdadeiramente competitiva" em relação à Mercedes. "Melhoramos em muitas áreas. Todas as nossas esperanças estão neste carro", enfatizou.

Mudanças na suspensão dianteira e nas entradas de ar, além de inovações radicais no layout da unidade de potência (que inclui o motor e os sistemas de recuperação de energia), são outros pontos que prometem tornar a Ferrari mais forte em 2016, cuja temporada começará no próximo dia 20 de março, em Melbourne, palco do GP da Austrália.