22°
Máx
16°
Min

De volta à F1, Di Resta será piloto reserva da Williams

A Williams anunciou nesta segunda-feira que o escocês Paul Di Resta será seu piloto reserva para a temporada 2016 da Fórmula 1. Ele será o substituto direto do brasileiro Felipe Massa e do finlandês Valtteri Bottas em testes, treinos e até corridas, caso seja necessário.

Di Resta está fazendo seu retorno à categoria, em que esteve presente de 2009 a 2013. No primeiro e segundo ano, foi piloto de testes da Force India. E nas três temporadas seguintes pilotou um dos carros da equipe no campeonato. Sem maior destaque, teve o ano de 2013 como o melhor de sua trajetória, com 48 pontos somados.

Com pouco espaço na categoria, Di Resta acabou deixando a F1 no fim de 2013. E voltou para a DTM, a categoria de turismo da Alemanha, da qual foi campeão em 2010. "Estou muito feliz por me unir à Williams e estou ansioso para o início da temporada. Terei um ano de muito trabalho, pilotando tanto na F1 quando na DTM. Darei o meu apoio total ao time", afirmou o escocês.

Chefe de equipe da Williams, Claire Williams afirmou que a experiência do piloto foi fundamental para a contratação. "Tendo disputado 58 corridas na F1, Paul tem um conhecimento da categoria que é incalculável", declarou a dirigente.

RENAULT - Faltando quatro dias para a abertura do Mundial de F1 deste ano, nos treinos livres do GP da Austrália, na sexta-feira, a Renault também correu para anunciar seu piloto reserva nesta segunda. Será o canadense Nicholas Latifi, que vai disputar a GP2 neste ano. Com apenas 20 anos, o piloto terá que passar por uma preparação especial nas próximas semanas para tirar a Super Licença, que permitirá sua participação em testes e treinos da F1.