27°
Máx
13°
Min

Em Interlagos, Barrichello conquista pole para Corrida do Milhão da Stock Car

(Foto: Fábio Davini/ Vicar) - Barrichello conquista pole para Corrida do Milhão da Stock Car
(Foto: Fábio Davini/ Vicar)

Rubens Barrichello fez, neste sábado, o melhor tempo do treino classificatório e conquistou a pole position para a Corrida do Milhão, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Com o tempo de 1min38s958, o ex-piloto da Fórmula 1 largará na ponta em busca de seu segundo triunfo na principal etapa do calendário da Stock Car, pois ficou com a vitória em 2014.

Ricardo Maurício largará na segunda colocação do grid, com 1min39s958, seguido pelo atual campeão da Corrida do Milhão, Marcos Gomes, pelo líder do campeonato, Felipe Fraga, por Allam Khodair. Maior vencedor de Interlagos pela Stock Car, Cacá Bueno decepcionou e ficou com o 12º melhor tempo no classificatório.

Segundo a regra dos últimos colocados no campeonato, o primeiro grupo a ir à pista foi formado por Danilo Dirani, César Ramos, Néstor Girolami e Felipe Lapenna. Em seguida, Raphael Abbate, Popó Bueno, Lucas Foresti e Bia Figueiredo formaram a segunda sessão. Após os dois grupos, Ramos estava na ponta com 1min39s607, seguido por Girolami (1min39s641).

Quando Gabriel Casagrande, Denis Navarro e Guga Lima entraram na pista, viram Julio Campos assumir a primeira colocação, com 1min39s252. Em seguida, Thiago Camilo foi à pista com a companhia de Rafael Suzuki, Sergio Jimenez e Galid Osman, mas nenhum deles conseguiu superar a marca de Campos. Na sua última tentativa, Jimenez bateu na saída do "S do Senna" e a sessão foi interrompida.

Já no sexto grupo, a competição começou a ficar acirrada. Ricardo Maurício, campeão da Corrida do Milhão de 2010, cravou 1min39s101 e assumiu a ponta de maneira provisória, e viu Allam Khodair fazer o segundo melhor tempo, 0s113 atrás. Vitor Genz e Átila Abreu também estiveram na pista, mas não chegaram ao pelotão de frente.

Rubens Barrichello abriu a sétima sessão ao lado do "milionário" de 2013, Ricardo Zonta, e Diego Nunes. O ex-piloto da Fórmula 1 mostrou intimidade com o traçado e fez sua melhor volta em 1min38s958, marca que não foi superada pelos seis pilotos que vieram na sequência, e assegurou a primeira posição do grid.

Na penúltima sessão, Valdeno Brito entrou ao lado da dupla Cacá Bueno e Daniel Serra, mas os pilotos não fizeram jus à posição que ocupam no campeonato e o melhor do grupo foi Brito, com uma desvantagem de 0s530 para Barrichello.

A briga pela pole então ficou nas mãos dos pilotos que buscam o título. O líder Felipe Fraga ficou com a quarta posição na largada, com 1min39s153, e o vice Marcos Gomes igualou o tempo de Ricardo Maurício, ficando com o terceiro lugar. Max Wilson completou a última sessão com o décimo melhor tempo, 1min39s441.