21°
Máx
17°
Min

Em treino atrapalhado por temporal, Rosberg lidera e volta a superar Hamilton

Em treino atrapalhado por temporal, Rosberg lidera e supera Hamilton

Depois de quebrar o recorde da pista do circuito de Spielberg no primeiro treino livre do GP da Áustria de Fórmula 1, Nico Rosberg se manteve na liderança na segunda sessão desta sexta-feira, desta vez atrapalhada por um temporal que impediu o registro de voltas mais rápidas na maior parte do tempo. O piloto alemão da Mercedes, porém, soube aproveitar o curto período disponível em condições com pista um pouco mais seca para cravar 1min07s967, voltando a deixar em segundo lugar o seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, que desta vez andou muito próximo do líder ao cronometrar 1min07s968.

Os pilotos só conseguiram andar com pneus mais apropriados para a pista seca nos 20 minutos finais do treino, justamente quando Hamilton conseguiu reduzir para apenas 0s019 a sua desvantagem para Rosberg. Horas mais cedo, o alemão já fez história ao marcar 1min07s373 no primeiro treino livre, superando uma marca conquistada pelo heptacampeão mundial Michael Schumacher, em 2003, pela Ferrari, quando estabeleceu então o recorde da pista local com o tempo de 1min08s337.

Assim como no primeiro treino livre, por sinal, a Mercedes dominou esta segunda sessão e viu o alemão o alemão Nico Hülkenberg conquistar a terceira posição com um tempo mais de meio segundo mais lento do que o de Hamilton. O piloto da Force India marcou 1min08s580 e superou por muito pouco o seu compatriota Sebastian Vettel, que cravou 1min08s589 com a sua Ferrari.

Vettel, por sua vez, acabou deixando escapar o seu carro na curva 2 ao errar o ponto da freada no circuito austríaco e foi parar na caixa brita na parte final do treino, que teve vários pilotos cometendo erros e deixando seus monopostos saírem do traçado no escorregadio novo asfalto do circuito local.

O australiano Daniel Ricciardo, que por causa da pista molhada só foi deixar os boxes após 45 minutos de treino, conquistou a quinta posição ao marcar o tempo de 1min08s649 com a sua Red Bull. E o grupo dos dez mais bem colocados foi fechado na sequência com o mexicano Carlos Sainz Jr., da Toro Rosso, o holandês Max Verstappen (Red Bull) os finlandeses Kimi Raikkonen (Ferrari) e Valtteri Bottas (Williams), além do inglês Jenson Button (McLaren).

MASSA - Depois de ter cravado o sétimo melhor tempo no treino da manhã na Áustria, Felipe Massa foi apenas o 12º na parte da tarde ao percorrer a sua melhor volta em 1min09s184. O brasileiro da Williams acabou sendo superado, inclusive, pelo espanhol Fernando Alonso, o 11º pela McLaren.

O brasileiro Felipe Nasr, por sua vez, amargou o 21º e penúltimo lugar com a sua Sauber, com o lento tempo de 1min10s444. Ele só ficou à frente do indonésio Rio Haryanto, da nanica Manor, depois de ter sido também apenas o 20º colocado no primeiro treino do dia na Áustria.

PUNIÇÃO A VETTEL - Embora tenha sido o piloto de melhor desempenho depois dos dominantes Rosberg e Hamilton no primeiro dia de treinos na Áustria, Rosberg terá de descontar cinco posições do posto que conquistar na sessão de classificação para o grid neste sábado, marcado para começar às 9 horas (de Brasília).

O tetracampeão mundial terá de cumprir a punição porque a Ferrari resolveu trocar a caixa de câmbio do carro do piloto, após realizar uma investigação minuciosa que apontou que o equipamento poderia dar problema na prova deste domingo, também com largada às 9 horas.

O câmbio não apresentou problemas no GP da Europa, etapa passada do Mundial, realizada no Azerbaijão, mas a escuderia italiana preferiu adotar a medida preventiva por temer uma possível quebra do sistema de transmissão agora.