28°
Máx
17°
Min

Giaffone lidera primeiros treinos da Fórmula Truck em Londrina

(foto: Divulgação) - Giaffone lidera primeiros treinos da Fórmula Truck em Londrina
(foto: Divulgação)

Felipe Giaffone abriu como o mais veloz dos treinos livres da quinta etapa da Fórmula Truck. Na tarde desta sexta-feira, o vice-líder do Campeonato Brasileiro completou os 3.145 metros do Autódromo Ayrton Senna, em Londrina, Norte do Paraná, em 1min36s935, média de 116,8 km/h. O segundo colocado foi Paulo Salustiano, seguido por André Marques e por Wellington Cirino. Na tarde deste sábado acontece a definição da pole position e a corrida está marcada para domingo às 13 horas.

Por ocuparem, respectivamente, o segundo e o terceiro lugares na classificação geral da Fórmula Truck, Giaffone e Salustiano utilizam o restritor de potência nos caminhões. Giaffone usa o de 72 milímetros e Salustiano o de 74mm. Com isso, eles deixam de aproveitar toda a potência dos motores Volkswagen e Mercedes-Benz.

Incêndio no caminhão de Rogério Castro

Na primeira parte do treino livre o caminhão de Rogério Castro apresentou problema na turbina e pegou fogo na carenagem lateral direita. Como ele estava próximo dos boxes, retornou e o incêndio foi apagado rapidamente.



Uso dos restritores


A decisão pela modificação no regulamento técnico do uso dos restritores foi tomada em conjunto pelas equipes, pilotos e organização da Fórmula Truck na corrida de Campo Grande, Mato Grosso do Sul e colocada em prática pela primeira vez neste treinamento em Londrina.

Com essa definição, a partir de Londrina e até a penúltima corrida, marcada para dia 6 de novembro em Guaporé, Rio Grande do Sul, o líder na classificação geral (Diogo Pachenki) que usar o restritor de 70mm vai perder cerca de 140 cavalos de potência, o segundo colocado (72mm) deixa de usar 120 HP, o terceiro (74mm) cerca de 100 cavalos, o quarto, David Muffato, 76mm, em torno de 50 e o quinto colocado (Alex Fabiano) aproximadamente 30 HP.

Enquanto isso, os três Iveco ganham 50 cavalos. Caso os pilotos dos Iveco se posicionem entre os cinco, usarão normalmente os restritores previstos pelo regulamento. Todos os outros caminhões do grid mantêm a potência dos motores. A exemplo do ano passado, na decisão do título, dia 4 de dezembro em Curvelo, Minas Gerais, todos os pilotos estarão sem restritores, portanto, em igualdade de condições.



Resultado do primeiro treino livre da Fórmula Truck, em Londrina:


 1) Felipe Giaffone (RM Competições-MAN), 1min36s935, média de 116,8 km/h
 2) Paulo Salustiano (ABF Mercedes-Benz), 1min37s697
 3) Wellington Cirino (ABF Mercedes-Benz), 1min37s715
 4) André Marques (RM Competições-MAN), 1min37s787
 5) Diogo Pachenki (Copacol Truck Racing), 1min37s932
 6) Leandro Totti (Clay Truck Racing), 1min38s079
 7) Raijan Mascarello (ABF Racing Team), 1min38s207
 8) Roberval Andrade (Dakar Motorsports), 1min38s381
 9) Adalberto Jardim (RM Competições-MAN), 1min38s440
 10) Débora Rodrigues (RM Competições-MAN), 1min39s269
 11) Pedro Muffato (Muffatão Racing), 1min39s709
 12) Djalma Fogaça (Fábio Fogaça Motorsports), 1min39s772
 13) Beto Monteiro (Lucar Motorsport), 1min40s023
 14) Alex Fabiano (ABF Azulim Indy Truck Racing), 1min40s076
 15) Valmir Hisgué Benavides (DF Racing Fans), 1min40s564
 16) Luiz Lopes (Lucar Motorsport), 1min40s665
 17) Rogério Castro (ABF Racing Team), 1min44s100
 18) David Muffato (MAN TGX), sem tempo
 19) Régis Boessio (Boessio Competições), sem tempo
 20) Geraldo Piquet (DF Motorsports), sem tempo
 21) Joel Mendes Júnior (Fábio Fogaça Motorsports), sem tempo