22°
Máx
14°
Min

Hamilton celebra pole e desempenho na Itália: 'Amei a volta, foi como poesia'

Hamilton celebra pole e desempenho na Itália

A grande fase vivida pelo inglês Lewis Hamilton fez mais uma vez a diferença neste sábado. No treino de classificação para o GP da Itália, em Monza, o piloto da Mercedes cravou a pole position com uma volta perfeita. O tempo de 1min21s135 foi quase meio segundo melhor do que o segundo colocado, seu companheiro e principal rival Nico Rosberg, que fez 1min21s613.

Diante de um desempenho tão superior, o próprio Hamilton se rendeu ao resultado deste sábado. "Eu amei aquela volta, me senti fantástico. Foi como poesia em movimento, a adrenalina estava uma loucura. Eu me senti bem durante todo o fim de semana e tudo começou com os ajustes iniciais de sexta-feira", declarou.

Depois de um início complicado de temporada, Hamilton tem dominado as últimas corridas e sua superioridade pode ser vista na tabela de classificação. Antes 43 pontos atrás de Rosberg, o inglês emendou uma ótima sequência de resultados e hoje lidera o Mundial com nove pontos de vantagem para o rival - 232 a 223. Fruto, também, de um bom trabalho de sua equipe.

"Eu tenho trabalhado junto com meus engenheiros e mecânicos, dando pequenos passos adiante com o balanço do carro, e eu sabia que tudo daria certo. Aí, consegui dar aquela volta. Monza é um circuito muito difícil e você precisa fazer tudo certo, especialmente nas zonas de freagem. A equipe tem feito um trabalho fantástico e estou ansioso para a corrida de amanhã", comentou.

Rosberg também reconheceu o grande trabalho de Hamilton neste sábado. O alemão afirmou ter ficado satisfeito com seu desempenho, mas avaliou que foi seu companheiro que teve uma atuação extraordinária para garantir uma liderança com tanta folga.

"Eu venho tendo um bom fim de semana até o momento, mas o Lewis produziu algumas voltas realmente boas. Eu não consegui me equiparar a ele hoje. Mas meus ajustes estavam realmente bons no treino de sexta-feira, então estou bastante otimista para amanhã", garantiu.