23°
Máx
12°
Min

Hamilton dá o troco no 2º treino livre e fecha a sexta na frente em Monza

Hamilton fecha a sexta na frente em Monza

Em mais uma atividade dominada pela Mercedes, o inglês Lewis Hamilton deu o troco no alemão Nico Rosberg no segundo treino livre do GP da Itália, a 14ª etapa da temporada 2016 da Fórmula 1, e liderou a sessão vespertina no circuito de Monza, fechando a sexta-feira como o piloto mas rápido.

Embalado pela vitória na prova anterior, o GP da Bélgica, Rosberg liderou o primeiro treino livre da sexta em Monza. Mas viu Hamilton dominar a segunda atividade do dia, mostrando que não será fácil para o seu companheiro de equipe na Mercedes superá-lo neste fim de semana.

Até o triunfo de Rosberg em Spa, Hamilton vinha embalado por uma sequência de quatro vitórias, que só foi interrompia numa corrida em que ele precisou largar do fim do pelotão em razão de punições. Ainda assim, conseguiu chegar ao pódio e sustentar a liderança do Mundial de Pilotos.

Agora, na Itália, Hamilton tenta ampliar o seu ótimo retrospecto recente em Monza, onde acumula três vitórias, em 2012, 2014 e 2015, para aumentar a vantagem em relação a Rosberg, hoje em nove pontos - 232 a 223. E o primeiro passo foi dado nesta sexta-feira.

No segundo treino livre, Hamilton desbancou a marca registrada por Rosberg na sessão inicial ao fazer o melhor tempo do dia, com 1min22s801. O alemão veio logo atrás, com a marca de 1min22s994, sendo que os pilotos da Mercedes foram os únicos a registrarem voltas em menos de 1min23.

Dessa vez, porém, a distância para os outros carros foi menor em relação ao primeiro treino. Mas novamente foi a Ferrari quem mais se aproximou da Mercedes, ainda que com o desempenho dos seus pilotos sendo invertido em relação ao primeiro treino.

Na segunda atividade, o terceiro colocado foi o alemão Sebastian Vettel, com a marca de 1mi23s254, seguido pelo finlandês Kimi Raikkonen, com 1min23s427. Logo atrás vieram os carros da Red Bull, hoje a segunda colocada no Mundial de Construtores. O holandês Max Verstappen foi o quinto mais rápido no segundo treino livre, enquanto o australiano Daniel Ricciardo ficou na sexta posição.

Em uma demonstração da evolução do motor Honda nesta temporada nos circuito de alta velocidade, o espanhol Fernando Alonso fechou o segundo treino livre em sétimo lugar com a sua McLaren, três posições à frente do inglês Jenson Button, o décimo colocado. Entre os dois carros da McLaren ficaram o finlandês Valtteri Bottas, da Williams, em oitavo lugar, e o francês Romain Grosjean, da Haas, na nona colocação.

Um dia após anunciar que se aposentará da Fórmula 1 ao término da atual temporada, o brasileiro Felipe Massa fechou o primeiro dia do seu último fim de semana do GP da Itália em 11º lugar no segundo treino livre, com o tempo de 1min24s556.

Assim como Massa, Felipe Nasr, o outro brasileiro do grid, também concluiu a sexta-feira em Monza atrás do seu companheiro de equipe. Ele ficou na penúltima colocação no segundo treino livre, com 1min25s643, enquanto o sueco Marcus Ericsson colocou a sua Sauber em 15º lugar.

Os pilotos voltam a acelerar no circuito de Monza neste sábado, quando serão realizados o terceiro treino livre e a sessão de classificação, que está marcada para as 9 horas (de Brasília). O horário é o mesmo da largada do GP da Itália no domingo.