21°
Máx
17°
Min

Hamilton lidera 1º treino livre do GP do Canadá; Massa bate forte e fica em 14º

(Foto: Studio Colombo/Pirelli) - Hamilton lidera 1º treino livre do GP do Canadá; Massa bate forte e fica em 14º
(Foto: Studio Colombo/Pirelli)

Na luta para alcançar Nico Rosberg na ponta do Mundial de Fórmula 1, o vice-líder Lewis Hamilton mostrou que está no caminho certo para atingir este objetivo ao terminar na liderança o primeiro treino livre do GP do Canadá, nesta sexta-feira, em Montreal. O tricampeão mundial se garantiu na primeira posição ao cravar o tempo de 1min14s755 na melhor volta que deu com a sua Mercedes.

O piloto inglês, por sua vez, superou com folga o seu companheiro de equipe, que ficou na segunda colocação. O alemão foi mais de três centésimos de segundo mais lento do que Hamilton ao marcar 1min15s086. Líder do campeonato, o piloto da Mercedes se posicionou logo à frente do seu compatriota Sebastian Vettel, que cronometrou 1min15s243 com a sua Ferrari.

Já Felipe Massa foi a grande decepção deste primeiro trabalho de pista do final de semana no Circuito Gilles Villeneuve, palco da sétima etapa do Mundial de 2016. Depois de apenas sete voltas, o brasileiro perdeu o controle de sua Williams na curva 1 ao errar o ponto da freada, rodar e bater forte com a traseira do carro na barreira de pneus. O choque destruiu a suspensão traseira do monoposto e tirou o piloto desta atividade inicial.

Visivelmente decepcionado, Massa deixou o carro andando normalmente e gesticulou com os braços para expressar o seu descontentamento, sendo que há duas semanas, no primeiro treino livre do GP de Mônaco, ele também bateu a sua Williams. Na comunicação pelo rádio com os mecânicos, o piloto apontou que teve algum problema que fez com que perdesse completamente o controle da parte traseira do monoposto.

Ao abandonar o treino de forma precoce, Massa acabou terminando em 14º lugar, com a fraca marca de 1min17s065, enquanto o seu companheiro de Williams, o finlandês Valtteri Bottas, foi o sexto colocado, com 1min16s301.

Sexto colocado do Mundial e surpreendente vencedor do último GP da Espanha, o prodígio holandês Max Verstappen, de apenas 18 anos, foi o quarto colocado do treino com a sua Red Bull ao cravar 1min15s553 na sua melhor volta. Assim, ele ficou logo à frente do finlandês Kimi Raikkonen, quinto com a sua Ferrari ao marcar 1min15s618.

Já o australiano Daniel Ricciardo, terceiro no Mundial, foi apenas o 11º colocado deste primeiro treino em Montreal ao cronometrar 1min16s734. Longe do grupos dos favoritos nesta sessão livre, o piloto da Red Bull também ficou atrás de Nico Hulkenberg (ALE/Force India), Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso), Sergio Pérez (MEX/Force India) e Fernando Alonso (ESP/McLaren), que fecharam, nesta ordem, o grupo dos dez primeiros colocados. O inglês Jenson Button, companheiro de equipe de Alonso, foi o 12º.

O brasileiro Felipe Nasr, por sua vez, ficou em 17º lugar com a sua Sauber, em resultado que pode ser considerado bom pelas limitações do seu carro para esta temporada, na qual ainda não somou nenhum ponto no Mundial.

O segundo treino livre do GP do Canadá começa às 15 horas (de Brasília) desta sexta, enquanto o último será às 11 horas deste sábado, quando a sessão classificatória para o grid de largada terá início às 14 horas. A corrida de domingo conta com sua largada às 15 horas.