22°
Máx
17°
Min

Hamilton lidera treino livre na estreia do circuito de Baku na F1

(Foto: Divulgação) - Hamilton lidera treino livre na estreia do circuito de Baku na F1
(Foto: Divulgação)

O inglês Lewis Hamilton cravou o melhor tempo na primeira atividade da Fórmula 1 no novo circuito de Baku, estreante na categoria. No traçado de rua do GP da Europa, no Azerbaijão, o piloto da Mercedes teve a companhia do alemão Nico Rosberg entre os mais rápidos. Hamilton superou o parceiro de equipe por três décimos. O finlandês Valtteri Bottas, da Williams, foi o terceiro mais veloz.

No tortuoso e apertado traçado, cercado por muros, Hamilton completou os 6 quilômetros de extensão da pista com o tempo de 1min46s435, contra 1min46s812 de Rosberg. Os dois pilotos da Mercedes obtiveram as melhores marcas da primeira sessão livre em Baku com pneus supermacios. Com composto macio, Bottas anotou 1min47s096.

Bottas foi dois segundos mais rápido que o companheiro de Williams, o brasileiro Felipe Massa. Sem maior brilho, ele foi apenas o oitavo mais veloz do treino, com 1min49s125. O piloto do Brasil ficou atrás do espanhol Fernando Alonso, do alemão Sebastian Vettel, do mexicano Sergio Pérez e do inglês Jenson Button.

Alonso surpreendeu ao levar a McLaren ao quarto posto da sessão, com 1min47s989. Já a Ferrari ficou aquém do esperado, diante do tempo de 1min48s627 registrado por Vettel, quinto mais veloz deste treino de abertura do GP. Pérez, da Force India, anotou 1min48s922 e Button, outro piloto da McLaren, marcou 1min49s019.

O Top 10 do treino teve ainda o espanhol Carlos Sainz Jr, da Toro Rosso, e o alemão Nico Hülkenberg, da Force India. O piloto da Espanha registrou 1min49s267 e foi seguido pelo tempo de 1min49s301 do alemão. O brasileiro Felipe Nasr, da Sauber, foi apenas o 21º e penúltimo da tabela de tempos, com 1min51s771.

MUROS - Considerado perigoso por alguns pilotos, o traçado de rua de Baku não contou com maiores incidentes nesta primeira atividade de sexta. Somente o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, e Carlos Sainz, da Toro Rosso, acertaram as muretas, sem maior gravidade.

O traçado incomum é considerado apertado, com faixas de apenas oito metros de largura, passando por trechos que mais parecem vielas, entre prédios mais antigos e construções modernas, ao fundo. Há até um pedaço de "mão dupla" no circuito, em que trechos de ida e volta são separados somente pela grade de proteção. Características como essa, exclusiva deste traçado na F1, traz preocupações para equipes e pilotos em razão da dificuldade de resgate em caso de acidentes.

O segundo treino livre em Baku está marcado para as 10 horas (horário de Brasília) desta sexta. O treino classificatório vai acontecer às 10 horas deste sábado, mesmo horário da corrida de domingo.