22°
Máx
16°
Min

Hulkenberg surpreende e lidera terceiro dia de testes da Fórmula 1

O terceiro dia dos testes da pré-temporada da Fórmula 1 em Barcelona, na Espanha, marcou a primeira grande surpresa do ano na categoria. A volta mais rápida do dia não foi da Mercedes, da Red Bull ou da Ferrari, mas sim da Force India de Nico Hulkenberg. O alemão cravou o tempo de 1min23s110 nesta quarta-feira, liderando com tranquilidade a atividade no circuito catalão.

Hulkenberg cravou o melhor tempo do dia ao marcar 1min23s110, com ampla vantagem em relação aos outros competidores. A segunda colocação ficou com o também surpreendente Romain Grosjean. O francês deu sequência ao ótimo início de ano da estreante Haas e veio na sequência do espanhol, com o tempo de 1min25s874.

Somente na terceira posição apareceu a Ferrari. Kimi Raikkonen não teve o mesmo sucesso de seu companheiro Sebastian Vettel em sua primeira aparição com o SF16-H, novo modelo da equipe italiana. Se o alemão liderou as duas primeiras atividades em Barcelona, na segunda e na terça, Raikkonen sofreu com alguns problemas, deu somente quatro voltas na pista pela manhã - nenhuma com o tempo computado - e só conseguiu sua melhor marca à tarde, quando cravou 1min25s977.

Embora os tempos de testes muitas vezes possam ser enganadores, especialmente em uma sessão tão inicial, as primeiras atividades da Fórmula 1 em 2016 mostram uma ameaça maior à Mercedes, principalmente da Ferrari, que ficou à frente da equipe rival em todas as sessões até o momento.

A Mercedes, aliás, só foi aparecer na quinta colocação nesta quarta-feira. A equipe optou por dividir o dia entre os dois pilotos, mas nenhum deles incomodou os líderes. O melhor foi Nico Rosberg, que marcou 1min26s084, enquanto o tricampeão mundial Lewis Hamilton foi o oitavo, com 1min26s421. Os engenheiros, no entanto, ao menos puderam comemorar a coleta de dados, uma vez que os pilotos, juntos, completaram 162 voltas.

Entre as Mercedes, apareceu um brasileiro, Felipe Nasr, que foi o sétimo colocado do dia com a marca de 1min26s392 em sua Sauber. Felipe Massa, da Williams, marcou 1min26s712 e foi somente o décimo do dia, mas pôde celebrar as 109 voltas dadas no circuito.

Outro que impressionou pelo número de voltas dadas foi o espanhol Carlos Sainz Jr., da Toro Rosso, com 161, apenas 11 a menos do recorde estabelecido por Rosberg na terça. Ele apareceu na sexta colocação do dia, com a marca de 1min26s239. Kevin Magnussen também rodou bastante, deu 111 voltas apesar de sofrer com as panes em sua Renault, e terminou em quarto, com 1min26s014.

Apesar das novidades e das surpresas deste início de ano na Fórmula 1, o que parece não mudar é o desempenho da McLaren. A tradicional equipe que foi motivo de piada em 2015, inclusive de seu piloto Fernando Alonso, segue decepcionando. Nesta quarta, viu Jenson Button ser o penúltimo do dia, com a marca de 1min26s919, à frente somente do estreante Rio Haryanto, que fez 1min28s249 com sua Manor.

Esse primeiro período de testes da Fórmula 1 se encerra nesta quinta-feira, quando os dois brasileiros, Felipe Massa e Felipe Nasr, voltam à pista. Depois, as equipes voltarão a treinar em Barcelona entre os dias 1º e 4 de março. A primeira das 21 provas da temporada 2016 da Fórmula 1 será em 20 de março, com a realização do GP da Austrália.