28°
Máx
17°
Min

Manor exibe otimismo ao apresentar carro: 'O melhor que já lançamos'

(Foto: Divulgação/Manor) - Manor exibe otimismo ao apresentar carro: 'O melhor que já lançamos'
(Foto: Divulgação/Manor)

Completamente de cara nova, a Manor, a antiga Marussia, apresentou nesta segunda-feira o seu carro para a temporada 2016 da Fórmula 1, o MRT05, que será guiado pelos pilotos novatos Pascal Wehrlein, da Alemanha, e Rio Haryanto, da Indonésia, sob a expectativa de enfim tornar a equipe competitiva, deixando as últimas posições. Para isso, realizou várias mudanças, incluindo contratações para a equipe técnica.

A Manor anunciou recentemente que abandonou o nome Marussia, da montadora russa que não fazia parte da operação da equipe desde a última temporada, mas que vinha batizando o time desde 2012. Agora, então, a equipe inglesa, de Banbury, passa a caminhar oficialmente apenas com as próprias pernas. E está otimista para 2016, com a intenção de deixar a condição de "nanica".

O diretor-técnico da Manor, John McQuilliam, utilizou termos bem otimistas para descrever o carro, que possui 3.393 peças novas em comparação ao antecessor, bem como passa a ser equipado com motores da Mercedes, considerados os melhores do grid da Fórmula 1.

"O melhor carro que já lançamos. Certamente o mais desenvolvido, o mais ambicioso e o mais agressivo", disse. "O pacote global é um passo adiante muito significativo, não apenas a partir do ano passado, mas a partir de qualquer um dos nossos carros", acrescentou McQuilliam.

O carro da Manor também alterou a sua identidade com uma nova pintura. O branco e vermelho, utilizado nos últimos anos, ganharam a adição de azul, em um layout que passa a ter as cores da bandeira da Grã-Bretanha. McQuilliam destacou que as mudanças profundas começaram a ser definidas já durante a temporada 2015.

"O MRT05 é um competidor. Nós realmente acreditamos nele. A equipe de design se concentrou quase exclusivamente sobre ele desde o meio da última temporada e é algo totalmente diferente de qualquer dos seus antecessores. Nós não ficamos devendo nada em desempenho e agora posso dizer que não há uma única parte do carro que não tenhamos desenhado de forma diferente", afirmou.

Novo diretor de provas da Manor, Dave Ryan definiu "respeitabilidade e competitividade" como metas da equipe. "Sabemos que temos de melhorar em todas as áreas e de forma alguma podemos subestimar os adversários, mas nós montamos um grande grupo de pessoas, temos uma parceria técnica fantástica com a Mercedes e a Williams e agora cabe a nós corresponder", afirmou.

Campeão da última edição da DTM e com toda a sua formação de piloto apoiada pela Mercedes, agora Wehrlein fará a sua estreia na Fórmula 1, assim como Haryanto, que assinou com a equipe menos de uma semana antes do início oficial da pré-temporada, nesta segunda-feira, com a realização do primeiro dia de testes coletivos em Barcelona.