22°
Máx
14°
Min

Marussia anuncia alemão Wehrlein e deixa F1 com apenas uma vaga indefinida

A Marussia anunciou nesta quarta-feira o nome de um dos seus pilotos para a temporada 2016. Até então reserva da Mercedes, o alemão Pascal Wehrlein fará a sua estreia na Fórmula 1 no próximo campeonato pela equipe de Banbury, que neste ano passará a usar motores fornecidos pela montadora alemã.

Wehrlein, de apenas 21 anos, assume a condição de titular de uma equipe de Fórmula 1 sob o status de ter sido o último campeão da DTM, considerada a principal categoria de carros de turismo do mundo, baseada na Alemanha. E ele acredita que iniciar a sua carreira pela Marussia pode ser um importante passo inicial.

"É um ótimo lugar para começar a minha carreira de piloto de Fórmula 1. Estou muito contente por estar aqui", disse. "É uma equipe pequena e totalmente focada e espero logo conhecer todos. Apesar de ser minha primeira temporada na F1, meu objetivo é ajudar Stephen (Fitzpatrick, proprietário da Marussia) e os caras a atingirem seus objetivos. Vai ser um desafio difícil, mas acho que nós devemos conseguir lutar por pontos ao longo do tempo. Vai ser uma boa diversão", acrescentou.

Wehrlein também destacou a importância da Mercedes no desenvolvimento da sua carreira e prometeu compensar o investimento realizado nos últimos anos.

"Uma palavra para a minha família Mercedes-Benz, e particularmente para Toto (Wolff), que têm guiado a minha carreira até aqui e tornou essa oportunidade possível. Obrigado pelo apoio incrível para me ajudar a realizar meu sonho. Agora é comigo, agarrar a oportunidade e correr na pista".

A estreia de Wehrlein como piloto da Marussia deverá correr no primeiro período de testes da pré-temporada da Fórmula 1, marcado para começar em 22 de fevereiro, no circuito de Barcelona.

Agora resta uma vaga no grid para 2016, exatamente a do companheiro do alemão na Marussia. Nos últimos dias, o norte-americano Alexander Rossi, que participou de cinco provas no ano passado, revelou estar em negociações com a equipe e exibiu otimismo para participar da próxima temporada da Fórmula 1.