22°
Máx
17°
Min

Raikkonen lidera e Massa é 2º em penúltimo dia de testes da F1 em Barcelona

O finlandês Kimi Raikkonen foi o mais rápido do penúltimo dia da bateria final de testes coletivos da pré-temporada da Fórmula 1, nesta quinta-feira, no Circuito de Barcelona, ao cravar o tempo de 1min22s765 na melhor das 136 voltas que deu na pista espanhola. O experiente piloto da Ferrari ficou logo à frente de Felipe Massa, que teve o seu melhor desempenho neste período de preparação para o Mundial de 2016 ao conquistar o segundo tempo mais veloz do dia.

O piloto brasileiro cravou 1min23s192 com sua Williams e mostrou força, pois, embora sua marca tenha ficado distante da do líder, o tempo de Raikkonen foi o melhor de um treino desta pré-temporada da Fórmula 1, que será fechada com um último trabalho de pista nesta sexta-feira na Espanha.

O tempo de Raikkonen foi obtido logo pela manhã com o novo pneu ultramacio da Pirelli, com o qual o finlandês acabou superando a marca de Sebastian Vettel, seu companheiro de Ferrari, que na semana passada havia cravado a volta mais rápida desta pré-temporada da categoria máxima do automobilismo.

Massa superou, por exemplo, o atual vice-campeão mundial Nico Rosberg, da Mercedes, que ficou apenas em quinto lugar ao cravar 1min24s126. O alemão, entretanto, deu bem menos voltas na pista espanhola. Foram 81, contra 119 do piloto da Williams, que ficou logo à frente do também alemão Nico Hulkenberg, da Force India, terceiro colocado ao cronometrar 1min23s251. Já a quarta posição ficou com o jovem holandês Max Verstappen, da Toro Rosso, que marcou 1min23s382. Com 159 voltas na pista, Verstappen foi, por sinal, que mais rodou no circuito catalão nesta quinta.

Outro brasileiro que foi para a pista no teste desta quinta-feira, Felipe Nasr também não decepcionou com a sua Sauber ao conquistar o sexto melhor tempo do dia. Ele cravou 1min24s760 na mais veloz das 116 voltas que deu no circuito espanhol.

Nasr acabou ficando logo à frente do espanhol Fernando Alonso, da McLaren, que cronometrou 1min24s870 para assegurar o sétimo lugar. E logo atrás dele o grupo dos dez primeiros foi fechado pela ordem por Pascal Wehrlein (Manor), Daniil Kvyat (Red Bull) e Jolyon Palmer (Renault).

HAMILTON - O tricampeão Lewis Hamilton, por sua vez, também esteve na pista no treino desta quinta-feira, mas não se preocupou em cronometrar voltas rápidas com a sua Mercedes. O inglês testou o modelo W07 apenas na parte da tarde, quando deu 63 voltas na pista e na melhor delas cravou 1min26s488 para fechar o treino no 11º e penúltimo lugar. O francês Romain Grosjean, da novata Haas, acabou ficando em último com a modesta marca de 1min27s196 em sua melhor volta.

O treino desta quinta também foi marcado pelo fato de que Raikkonen testou a nova proteção de cockpit para os carros da F1. Também chamada de "halo", ela vem sendo discutida nos últimos meses em razão dos acidentes fatais do francês Jules Bianchi e do britânico Justin Wilson, este último na Fórmula Indy, e consiste numa barra em formato oval, feita de fibra de carbono, que circunda o cockpit.

Após o último teste coletivo de pré-temporada marcado para esta sexta-feira, em Barcelona, o Mundial de Fórmula 1 de 2016 será iniciado no próximo dia 20, em Melbourne, palco do GP da Austrália.