22°
Máx
16°
Min

Rosberg se impõe em casa e supera Hamilton no 1º treino em Hockenheim

(Foto: Divulgação)  - Rosberg se impõe em casa e supera Hamilton no 1º treino em Hockenheim
(Foto: Divulgação)

Ainda na ressaca do duro revés sofrido no GP da Hungria, o alemão Nico Rosberg iniciou a reação contra o companheiro de Mercedes, o inglês Lewis Hamilton, ao cravar nesta sexta-feira o melhor tempo no primeiro treino livre do GP da Alemanha de Fórmula 1, no circuito de Hockenheim.

Rosberg anotou o tempo de 1min15s517, contra 1min15s843 de Hamilton no primeiro embate entre os dois desde a corrida de domingo, quando o inglês venceu em Budapeste e decretou a virada no Mundial de Pilotos. Hamilton desbancou o companheiro da liderança após 10 etapas de domínio do alemão, que agora conta com a vantagem de correr em casa.

E esta vantagem começou a fazer a diferença logo na primeira sessão. Rosberg não foi ameaçado por Hamilton em nenhum momento desta primeira sessão. Com pneu supermacio, o piloto da casa cravou tempo superior até do que a pole position da última corrida da F1 disputada em Hockenheim, em 2014 - não houve GP da Alemanha no ano passado.

O treino de abertura do GP alemão marcou também a estreia de Sebastian Vettel correndo pela Ferrari diante de sua torcida. O piloto da casa anotou 1min16s667 e foi o terceiro mais veloz desta sessão inicial. Ele foi seguido de perto pelo companheiro de Ferrari, o finlandês Kimi Raikkonen, com 1min16s852.

Com estes resultados, a Ferrari se impôs sobre a Red Bull, num duelo direto pela segunda colocação no Mundial de Construtores da F1. A equipe italiana, que vinha sofrendo revezes contra o rival nas últimas etapas, tem apenas um ponto de vantagem sobre a Red Bull, na segunda colocação geral.

E, se repetir o desempenho desta sexta no sábado e no domingo, deve voltar a ampliar a vantagem. Isso porque o holandês Max Verstappen (1min16s927) e o australiano Daniel Ricciardo (1min17s089) não conseguiram acompanhar o ritmo dos carros italianos.

Enquanto a Ferrari superava a Red Bull neste primeiro teste em Hockenheim, a McLaren surpreendia ao colocar seus dois pilotos entre os dez mais rápidos. O espanhol Fernando Alonso, aniversariante do dia, foi o sétimo mais veloz. O piloto que completou 35 anos nesta sexta anotou 1min17s183. O inglês Jenson Button foi o oitavo, com 1min17s612.

O Top 10 deste primeiro treino livre foi completado pelos carros da Toro Rosso. O russo Daniil Kvyat (1min18s008) foi o nono mais rápido, enquanto o espanhol Carlos Sainz Jr marcou 1min18s044 para cravar o décimo tempo.

A decepção ficou novamente por conta da Williams. O finlandês Valtteri Bottas, que chegou a rodar na pista, marcou somente o 12º tempo (1min18s210), e ficou logo à frente do brasileiro Felipe Massa, com 1min18s322.

Felipe Nasr, da Sauber, obteve somente o 19º tempo da sessão, com 1min18s961. O brasileiro ficou quase um segundo atrás do companheiro de equipe, o sueco Marcus Ericsson, que surpreendeu ao obter o 11º tempo, com 1min18s198.

O segundo treino livre em Hockenheim terá início às 9 horas (horário de Brasília) desta sexta-feira. O treino classificatório, no sábado, e a corrida, no domingo, serão disputados no mesmo horário.