21°
Máx
17°
Min

Rosberg supera Hamilton na largada no Bahrein e vence a 2ª seguida

O alemão Nico Rosberg conquistou neste domingo a vitória no GP do Bahrein de Fórmula 1, a segunda etapa da temporada. O piloto da Mercedes superou o pole position Lewis Hamilton logo na largada e faturou o segundo triunfo seguido no ano, o quinto se levar em conta as três vitórias obtidas no fim de 2015.

Coadjuvante desta vez, o tricampeão Hamilton foi o terceiro colocado, atrás do finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari. Felipe Massa cruzou a linha de chegada em 8º e Felipe Nasr completou as 57 voltas no 14º posto.

O francês Romain Grosjean, da estreante Haas, e o belga Stoffel Vandoorne, substituto de Fernando Alonso na McLaren, também se destacaram na prova. Grosjean chegou em quinto lugar, enquanto Vandoorne foi o 10º em sua primeira corrida na F1. Outro a surpreender foi o alemão Pascal Wehrlein por levar a modesta Manor ao um razoável 13º lugar.

Com o triunfo deste domingo, Rosberg disparou na liderança do Mundial de Pilotos, chegando aos 50 pontos, e manteve o domínio recente sobre Hamilton. Curiosamente, o inglês perdeu todas para o alemão desde que se sagrou tricampeão no GP dos Estados Unidos do ano passado.

O GP do Bahrein contou com uma largada "precoce" neste domingo. Precoce porque Sebastian Vettel teve problemas no motor Ferrari na volta de apresentação e nem se alinhou no grid. Assim, interferiu na largada ao deixar seu espaço vazio, que foi logo preenchido por Valtteri Bottas assim que as luzes se apagaram.

O finlandês disparou entre a Ferrari de Kimi Raikkonen e a Red Bull de Daniel Ricciardo, ficando atrás somente de Nico Rosberg e Lewis Hamilton. O inglês fez a pior largada entre os primeiros colocados, assim como acontecera na corrida de abertura da temporada, na Austrália.

Ele perdeu a ponta para Rosberg logo na saída e perdeu seguidas posições ao ser atingido por Bottas. O finlandês conseguiu a terceira colocação, mas o inglês caiu para sexto. Massa foi quem mais se beneficiou do choque ao despontar em segundo, correndo por fora do tumulto.

O toque em Hamilton rendeu uma punição a Bottas, que caiu para o nono lugar após passar pelos boxes. Ele e Massa, ambos com pneus médios, tinham visível dificuldade em acompanhar os demais. O brasileiro passou a sofrer seguidas ultrapassagens, caindo de segundo para sétimo, enquanto os adversários contavam com pneus mais velozes, macios ou supermacios.

A partir da 29ª volta, os pilotos fizeram a primeira rodada de parada para troca de pneus. E Massa começou a recuperar as posições perdidas, dando indicação de que a estratégia da Williams, de fazer apenas duas paradas, poderia funcionar. Foi por essa razão que a equipe colocou seus dois carros com pneus médios.

Mas a estratégia não trouxe maiores resultados à equipe. Massa continuou perdendo ritmo no trecho final da corrida, levando ultrapassagens seguidas até as últimas voltas. Terminou em 8º, logo à frente do companheiro Bottas, que sofrera punição no início da prova.

Enquanto isso, Rosberg seguia liderando a prova, com Raikkonen logo atrás, seguido de perto por Hamilton, todos com pneus macios. O alemão chegou a enfrentar problemas em sua segunda parada, mas compensou com um pit stop mais ágil na terceira, na 40ª volta.

Nem mesmo a movimentação gerada pelas seguidas trocas - a maioria dos pilotos fez três paradas - afetou os primeiros colocados. Ricciardo, da Red Bull, se manteve próximo do trio durante a maior parte da corrida.

Já Grosjean, o holandês Max Verstappen, da Toro Rosso, e o russo Daniil Kvyat, outro piloto da Red Bull, ganharam posições nas voltas finais para terminar à frente de Felipe Massa. O surpreendente Stoffel Vandoorne, que entrou no lugar de Alonso, vetado pelos médicos por causa do acidente sofrido na primeira etapa do ano, fechou o Top 10.

A Fórmula 1 volta daqui a duas semanas para a disputa do GP da China, em Xangai, no dia 17 deste mês.

Confira a classificação final do GP do Bahrein:

1º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), em 1h33min34s696

2º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), a 10s282

3º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), a 30s148

4º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), a 1min02s494

5º - Romain Grosjean (FRA/Haas), a 1min18s299

6º - Max Verstappen (HOL/Toro Rosso), a 1min20s929

7º - Daniil Kvyat (RUS/Red Bull), a 1 volta

8º - Felipe Massa (BRA/Williams), a 1 volta

9º - Valtteri Bottas (FIN/Williams), a 1 volta

10º - Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren), a 1 volta

11º - Kevin Magnussen (DIN/Renault), a 1 volta

12º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), a 1 volta

13º - Pascal Wehrlein (ALE/Manor), a 1 volta

14º - Felipe Nasr (BRA/Sauber), a 1 volta

15º - Nico Huelkenberg (ALE/Force India), a 1 volta

16º - Sergio Perez (MEX/Force India), a 1 volta

17º - Rio Haryanto (IND/Manor), a 1 volta

Não completaram a prova:

Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)

Jolyon Palmer (ING/Renault)

Esteban Gutiérrez (MEX/Haas)

Jenson Button (ING/McLaren)

Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso)