26°
Máx
19°
Min

Rossi supera Márquez e fatura pole em etapa de Motegi na MotoGP

Em um duelo particular entre o líder e o vice-líder do campeonato, o segundo colocado levou a melhor na primeira batalha da etapa de Motegi da MotoGP, neste sábado. O italiano Valentino Rossi superou o espanhol Marc Márquez e faturou a pole position para a corrida japonesa. O também espanhol Jorge Lorenzo vai largar em terceiro, após sofrer acidente no terceiro treino livre.

Rossi conquistou sua quarta pole position da temporada ao ser o único a correr abaixo do 1min44s na classificação. O piloto da Yamaha marcou 1min43s954 e desbancou o líder do campeonato. Márquez, da Honda, não passou de 1min44s134.

A proximidade dos dois pilotos no grid deste domingo promete mais um duro embate, e não apenas pela disputa pelo título. Ambos tem experiência no circuito de Motegi. Rossi já venceu no traçado japonês quatro vezes, mas não levanta o troféu desde 2008. Márquez levou a melhor em 2010 e 2012.

Para o campeonato, a disputa deste domingo é decisiva. Com 248 pontos, Márquez pode até sonhar com o título antecipado, embora a conquista neste fim de semana seja improvável. Para tanto, precisará vencer e torcer por resultados ruins de Rossi e Lorenzo. O italiano, com 196 pontos, não poderia passar do 15º posto, enquanto Lorenzo teria que ficar de fora do pódio.

Mesmo assim, um triunfo de Márquez deixaria a conquista muito próxima, uma vez que faltará apenas três etapas para o fim do campeonato, após a disputa no Japão.

ACIDENTE - Se na sexta-feira Dani Pedrosa "voou" ao sofrer acidente em treino livre (fraturou a clavícula direita), neste sábado foi a vez de Jorge Lorenzo ser arremessado no ar. Nos minutos finais do terceiro treino livre, o espanhol perdeu o controle de sua Yamaha e foi lançado na área de escape.

Mesmo atordoado, ele conseguiu se levantar sozinho, mas mancava. Em seguida, deixou a pista de maca e foi encaminhado ao hospital para realizar exames. Sem contusões de maior gravidade, ele foi liberado e participou normalmente do treino classificatório horas depois. Lorenzo mostrou que estava recuperado ao cravar o terceiro melhor tempo.

"Eu fiquei assustado e esperava pelo pior, principalmente na minha perna esquerda. Mas foi só um susto. Fui ao hospital apenas por precaução. Na verdade, eu estava bem melhor do que imaginava e estava pronto para brigar pela pole position", disse Lorenzo, que admitiu ter corrido com dor neste sábado. "Com a adrenalina e alguns analgésicos no treino, eu até esqueci a dor."

O Top 10 do grid de largada terá ainda o italiano Andrea Dovizioso (Ducati), o britânico Cal Crutchlow (LCR Honda), os espanhóis Aleix Espargaró (Suzuki Ecstar), Maverick Viñales (Suzuki Ecstar), Hector Barbera (Ducati) e Pol Espargaró (Yamaha Tech 3) e o italiano Danilo Petrucci (OCTO Pramac).

A corrida em Motegi tem largada marcada para as 3 horas da madrugada deste domingo (horário de Brasília).