28°
Máx
17°
Min

Vettel lidera dobradinha da Ferrari no 1º treino livre do GP da Espanha

Foto: Studio Colombo/ Pirelli - Vettel lidera dobradinha da Ferrari no 1º treino livre do GP da Espanha
Foto: Studio Colombo/ Pirelli

O fim de semana do GP da Espanha, a quinta etapa da temporada 2016 da Fórmula 1, começou com a Ferrari na frente. Nesta sexta-feira, o alemão Sebastian Vettel liderou o primeiro treino livre no Circuito da Catalunha, numa rara atividade em que os pilotos da equipe italiana conseguiram se sobrepor ao notável domínio da Mercedes, iniciado em 2014.

Na sessão inicial em Barcelona, porém, quem se deu melhor foi Vettel, que venceu o GP da Espanha em 2011, quando estava na Red Bull. Nesta sexta-feira, o alemão da Ferrari registrou a melhor volta da atividade utilizando os pneus macios, fazendo a marca de 1min23s951.

Vettel, aliás, foi o único piloto a registrar uma volta em menos de 1min24 no primeiro treino livre do GP da Espanha. E ele foi seguido pelo seu companheiro de equipe, o finlandês Kimi Raikkonen, que também aproveitou os compostos macios para fazer o tempo de 1min24s089.

Os carros da Ferrari foram seguidos pelos pilotos da Mercedes, ambos usando os pneus médios. Quem se deu melhor na disputa interna foi o alemão Nico Rosberg. Líder disparado do campeonato, pois venceu as quatro provas já realizadas em 2016, ele também venceu a última edição do GP da Espanha, no ano passado, e encerrou o primeiro treino livre em terceiro lugar, com 1min24s454.

Já Lewis Hamilton foi o quarto colocado, com 1min24s611. Vivendo um início de campeonato difícil, o inglês já está a 43 pontos de distância de Rosberg no Mundial de Pilotos e busca uma reação no GP da Espanha, que venceu em 2014, para não se afastar ainda mais do rival, mas voltou a ficar atrás do alemão no primeiro treino livre do GP da Espanha.

O holandês Max Verstappen, fazendo a sua estreia na Red Bull, conseguiu um bom sexto lugar na atividade inicial em Barcelona, logo atrás do australiano Daniel Ricciardo, seu companheiro de equipe. Já o russo Daniil Kvyat, "rebaixado" para a Toro Rosso, foi apenas o 12º colocado, quatro posições atrás do espanhol Carlos Sainz Jr., agora o seu companheiro de equipe, que ficou entre os dois carros da Williams.

O finlandês Valtteri Bottas, terminou a atividade logo à frente de Sainz, na sétima colocação, enquanto o brasileiro Felipe Massa veio atrás, na nona colocação, com a marca de 1min26s186. Ele chegou a rodar com a sua Williams na curva 5 do Circuito da Catalunha, o que provocou uma bandeira amarela, mas depois retomou a sua participação no treino livre.

A relação dos dez primeiros colocados da atividade inicial em Barcelona foi completada pelo espanhol Fernando Alonso, da McLaren, que venceu a prova em casa nas temporada 2006 e 2013. O seu companheiro de equipe, o inglês Jenson Button, teve problemas durante o treino livre e garantiu apenas a 19ª posição.

Já o brasileiro Felipe Nasr ficou na 15ª colocação, com o tempo de 1min27s253, três posições à frente do seu companheiro de equipe na Sauber, o sueco Marcus Ericssson.

Os pilotos voltam a acelerar no Circuito da Catalunha às 9 horas (de Brasília), quando será realizado o segundo treino livre para o GP da Espanha. O horário é o mesmo da sessão de classificação neste sábado e da largada da prova em Barcelona no próximo domingo.