22°
Máx
17°
Min

Vettel lidera primeiro dia de testes da Fórmula 1 em Barcelona

Dois dias após a realização do GP da Espanha, os pilotos da Fórmula 1 voltaram nesta terça-feira ao circuito de Barcelona para o primeiro dia de testes coletivos. E quem se deu melhor na atividade foi o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, que concluiu o dia na frente de todos os concorrentes.

Vettel concentrou a sua participação nas atividades desta terça em trechos curtos, com voltas rápidas, e na melhor delas registrou a marca de 1min23s220. O tempo não só foi o melhor do dia no Circuito da Catalunha como também foi mais rápido do que a volta que lhe garantiu apenas a sexta posição no grid de largada do GP da Espanha no treino de classificação do último sábado.

A dificuldade para melhorar o ritmo de classificação foi fundamental para que a Ferrari desperdiçasse a chance de vencer o GP da Espanha no último fim de semana, quando os carros da equipe largaram atrás da Red Bull, que assegurou o triunfo com o holandês Max Verstappen, se aproveitando do abandono dos dois pilotos da Mercedes logo na primeira volta.

Quem mais se aproximou de Vettel foi o também alemão Nico Rosberg, líder do campeonato, que fez o tempo de 1min23s337, apenas 0s117 mais lento do que o seu compatriota, na melhor das suas 119 voltas. Vettel, aliás, ficou à frente do Rosberg nos períodos da manhã e da tarde, o que aumenta a esperança de que a Ferrari possa se aproximar da Mercedes nas próximas provas.

Os alemães e o francês Esteban Ocon, piloto reserva da Renault, foram os únicos a completar mais de cem voltas nesta terça em Barcelona. Ocon, porém, foi o mais lento do dia entre os dez participantes.

O inglês Jenson Button, da McLaren, que surpreendeu ao liderar a sessão da manhã em Barcelona, não conseguiu melhorar o seu desempenho no período da tarde e fechou o dia em terceiro lugar, com o tempo de 1min23s753. Ele ficou logo à frente do francês Romain Grosjean, da Haas, com 1min23s882, que foi o último piloto a registrar uma volta em menos de 1min24 nesta terça em Barcelona.

O alemão Pascal Wehlein, da Manor, fechou o dia na quinta colocação, seguido do australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull. O francês Pierre Gasly ficou na sétima posição pela Toro Rosso, sendo o mais rápido entre os pilotos que não são titulares e participaram dos testes nesta terça-feira.

O mexicano Alfonso Celis, da Toro Rosso, foi o oitavo mais rápido, seguido de Alex Lynn. O britânico, que no último fim de semana venceu uma das provas da etapa espanhola da GP2, treinou pela Williams, que chamou a atenção por utilizar uma traseira dupla, provavelmente em um teste pensando nas modificações aerodinâmicas que o regulamento da Fórmula 1 adotará em 2017.

Com dez equipes participantes, o único time ausente nas atividades no Circuito da Catalunha é a Sauber, que sofre com graves problemas financeiros. A pista espanhola recebe nesta quarta-feira o último dia de testes coletivos. E a grande atração será Verstappen, que no domingo se tornou o mais jovem piloto a vencer uma prova na Fórmula 1.