20°
Máx
14°
Min

Williams admite desejo de contratar Button, e Massa pode perder vaga

O fraco desempenho em 2016 pode mesmo marcar a última temporada de Felipe Massa na Williams. As especulações sobre a possível saída do brasileiro ao fim do ano, quando termina seu contrato, ganharam força nas últimas semanas, e agora a própria equipe já admite o interesse de repatriar outro veterano da categoria: o inglês Jenson Button, atualmente na McLaren.

"Seria uma grande história, mas ele (Button) precisa tomar a decisão correta para ele, e nós tomaremos a decisão correta para a gente", declarou a chefe da equipe, Claire Williams, para a agência Press Association Sport. "Ele é um grande talento no carro, mas também fora do carro, e é desse tipo de piloto que precisamos."

Aparentemente, o único obstáculo que pode separar o piloto da Williams é sua própria vontade. Button também possui contrato com a McLaren somente até o fim do ano, mas já teria recebido uma proposta do CEO da equipe, Ron Dennis, para permanecer. Do outro lado, Claire Williams já avisou que não esperará muito tempo por uma decisão do inglês.

"Nós decidiremos sobre nossa dupla de pilotos, e eu não vou sentar e esperar o Ron Dennis fazer sua decisão ou o Jenson fazer a dele. Não é sobre o que as outras pessoas estão fazendo. Eu não vou ficar esperando, simplesmente porque não é a mentalidade correta para uma equipe como a nossa", afirmou.

Se não esconde o desejo de ver Button de volta à equipe em que começou a carreira na Fórmula 1, em 2000, Claire já pensa em outras opções caso o acerto não se concretize. E Massa parece mesmo não estar entre elas. A chefe da Williams não escondeu ser fã de outro piloto do grid, o mexicano Sergio Pérez, da Force India.

"Sergio tem feito um grande trabalho esse ano, é um piloto inteligente, e é claro que estaremos de olho nele. Só encontrei com ele brevemente. É muito charmoso, eloquente, então comercialmente seria forte para qualquer equipe. Claro que ele será alguém a considerar se ficar disponível", admitiu.

Caso a Williams de fato vá atrás de outro piloto para compor sua dupla titular, Massa deve ser o escolhido para deixar equipe. Além de seu contrato terminar no fim do ano, o veterano de 35 anos não vive bom momento em 2016 e é apenas o nono colocado do Mundial de Pilotos, duas posições atrás do finlandês Valtteri Bottas, seu companheiro.