23°
Máx
12°
Min

Após 19 temporada no Spurs, Tim Duncan anuncia aposentadoria

Tim Duncan anuncia aposentadoria (Foto: Getty Images) - Após 19 temporada no Spurs, Tim Duncan anuncia aposentadoria
Tim Duncan anuncia aposentadoria (Foto: Getty Images)

A temporada 2016/2017 da NBA vai começar sem os dois jogadores que mais marcaram uma geração. Após Kobe Bryant, também Tim Duncan anunciou sua aposentadoria. O pivô se retira das quadras após 19 temporadas jogando pelo San Antonio Spurs, franquia que ele levou a cinco títulos da NBA - 1999, 2003, 2005, 2007 e 2014 - e única camisa que defendeu.

Ao anunciar a aposentadoria de Duncan, o Spurs listou alguns dos feitos do pivô e da própria franquia. Com o jogador, o San Antonio foi aos playoffs em todas as últimas 19 temporadas, passando de 50 vitórias nas últimas 17 - maior sequência da história da NBA. Da mesma forma, teve pelo menos 60% de vitórias em todas as 19 temporadas, o que é a maior sequência de todos os tempos nas ligas americanas.

Duncan, primeira escolha do Draft em 1997, se aposenta aos 40 anos, mas ainda jogando em alto nível. Na temporada passada, teve as melhores estatísticas defensivas da NBA e levou o Spurs a uma campanha de 67 vitórias na temporada regular, um recorde para a franquia.

Também se tornou o terceiro da história da NBA a superar a marca de 1.000 vitórias, o único a fazer isso por um único clube. Também se tornou o segundo a alcançar 26 mil pontos, 15 mil rebotes e 3.000 tocos, só atrás de Kareem Abdul-Jabbar.

Durante seus 19 anos na NBA, Duncan foi escolhido 15 vezes para a seleção ideal e outras 15 para o time de defesa. Nos dois casos, é recordista. Novato do ano em 1998, foi MVP em duas oportunidades (2002 e 2003) e MVP da finais em outras três (1999, 2003 e 2005).

No Spurs, é o maior de todos os tempos, liderando as estatísticas históricas em pontos (26.496), rebotes (15.091), tocos (3.020), minutos (47.368) e partidas (1.392). Ainda é o terceiro em assistências. Na NBA, ele é o quinto de todos os tempos em jogos com 'double doubles' (841) e também em tocos, além de ser o sexto em rebotes e 14.º em pontos.

Duncan para, mas seus companheiros Tony Parker e Manu Ginobili continuam no Spurs para a próxima temporada - o argentino renovou por um ano na semana passada. Eles vão ganhar a companhia de Pau Gasol, já anunciado, que chega para substituir o veterano pivô.

Nascido nas Ilhas Virgens, território ultramarino dos EUA, Duncan defendeu os EUA somente nos Pré-Olímpicos de 1999 e 2003 e na Olimpíada de Atenas, em 2004, quando amargou o bronze. Em 2000, estava machucado e não foi a Sydney. Depois do fracasso na Grécia, decidiu não jogar mais pela seleção.