26°
Máx
19°
Min

Cavaliers atropela o Raptors e fica a uma vitória da final da NBA

O Toronto Raptors pode ter vencido seus dois jogos em casa e equilibrado a série melhor de sete da decisão da Conferência Leste da NBA, mas precisará aprender como pelo menos incomodar o Cavaliers em Cleveland se quiser sonhar com a final da liga. Por enquanto, o time de LeBron James segue soberano em seus domínios, voltou a atropelar o adversário na última quarta-feira, por 116 a 78, e está a somente mais uma vitória de ir à grande decisão.

Até o momento, quem atuou em casa venceu nesta série. O Cavaliers atropelou nos três jogos em seus domínios, mas foi batido quando foi ao Canadá. O Jogo 6 acontecerá nesta sexta-feira, em Toronto, mas o Jogo 7, se for necessário, será novamente em Cleveland, onde o Raptors ainda nem incomodou o adversário.

Depois das duas vitórias iniciais, parecia que o Cavaliers atropelaria e chegaria à final sem dificuldade, mas o Raptors cresceu e deixou tudo igual em 2 a 2. Só que o que se viu na última quarta-feira foi uma repetição das duas primeiras partidas. O time norte-americano defendeu bem, atacou ainda melhor e passeou em quadra.

Ao contrário do que havia acontecido no Canadá, os arremessos de longa distância do Cavaliers começaram caindo na quarta, e aí o Raptors se viu sem saber como responder defensivamente. A vantagem no primeiro quarto já era de 18 pontos e cresceu para 34 no segundo.

A facilidade era tamanha, que se levados em consideração somente os pontos de LeBron James, Kevin Love e Kyrie Irving no primeiro tempo, o Cavaliers bateria o Raptors por 43 a 34. Esta dominância atingiu seu auge no terceiro período, quando a diferença chegou a 43 pontos, antes que os titulares das duas equipes fossem para o banco.

O jogo estava tão fácil que nenhum dos 10 jogadores que iniciaram a partida sequer pisaram em quadra no quarto final. Com os arremessos de longe do Cavaliers caindo e as suas próprias tentativas sendo rejeitadas pela forte defesa do adversário, o Raptors se mostrou frustrado e não esboçou qualquer reação.

Não ajudou o fato de seus dois principais jogadores terem sofrido mais uma vez com a irregularidade. DeMar DeRozan (14 pontos) e Kyle Lowry (13) combinaram para sete arremessos convertidos em 20 tentados. O pivô Bismack Biyombo pegou somente quatro rebotes depois de anotar 40 nas últimas duas partidas juntas. A única boa notícia para a equipe foi a volta de Jonas Valanciunas, que se recuperou de um problema no tornozelo e atuou por 18 minutos, anotando nove pontos.

Pelo Cavaliers, o trio de estrelas comandou a vitória. Depois de sofrer com a falta de pontaria nos jogos em Toronto, Kevin Love terminou como cestinha com 25 pontos. LeBron James e Kyrie Irving colaboraram com 23 cada.

Se o Cavaliers está a uma vitória de fechar a decisão do Leste, no Oeste a série também pode terminar nesta quinta-feira. Com vantagem de 3 a 1, o surpreendente Oklahoma City Thunder viaja para pegar o Golden State Warriors em Oakland. Ao time de Stephen Curry, resta vencer para manter as chances de ir à final.