23°
Máx
12°
Min

Com Curry irreconhecível, Warriors perde do Spurs e mantém freguesia histórica

San Antonio Spurs e Golden State Warriors ainda não perderam em casa na NBA e têm tudo para fazer a final da Conferência Oeste da NBA. Nesta hipotética - e provável - decisão, um terá o benefício de jogar uma partida a mais em casa. Em busca deste privilégio, o Spurs deu um passo na noite deste sábado, ao vencer, como de costume, o Warriors em San Antonio, desta vez por 87 a 79.

O jogo pode ser avaliado como tendo sido mais do mesmo. Afinal, há 33 partidas o Spurs não perde do Warriors jogando em casa pela temporada regular. Mas a partida também pode ser vista pela sua peculiaridade. Stephen Curry esteve irreconhecível, com apenas uma cesta de três pontos em 12 tentativas. Enquanto isso, Tin Duncan começou no banco de reservas e jogou por apenas oito minutos. Em 19 anos de carreira, foi apenas a terceira vez que ele não foi escalado de início.

Estratégia do técnico Greg Popovich era fechar o certo para Curry, apostando na forte defesa de San Antonio. Depois de perder por 30 pontos de diferença em Oakland, o Spurs precisava mostrar força e conseguiu. Acostumado a marcar 120, 130 pontos por jogo, o Warriors se viu reduzido a 79.

No minuto final, o Spurs vencia por respectivamente cinco e seis pontos quando Curry realizou suas últimas tentativas de três pontos. Mesmo com espaço, especialmente na segunda chance, não conseguiu encestar. Nem o famoso escape do Warriors funcionou.

Mérito do San Antonio, que viu LeMarcus Aldridge marcar 26 pontos e pegar 13 rebotes. Kawhi Leonard ajudou com 18 pontos e 14 rebotes. Pelo lado do Warriors, Klay Thompson e Stephen Curry somaram 29 pontos (15 e 14, respectivamente). No jogo anterior, contra o Dallas Mavericks, haviam feito 70.

Leandrinho jogou por 13 minutos e conseguiu anotar nove pontos, além de colher quatro rebotes. Com ele em quadra, o Warriors marcou oito pontos a mais do que sofreu. Já Anderson Varejão, em seis minutos, só colaborou com um rebote e uma assistência.

Agora o Warriors tem campanha de 62 vitórias e sete derrotas, enquanto o Spurs tem, no mesmo número de jogos, três vitórias a menos. Faltando 13 partidas para cada um, eles ainda se enfrentam mais duas vezes na temporada regular: dia 7 de abril, em Oakland, e na penúltima rodada, três dias depois, em San Antonio. Fora de casa, só são quatro jogos para o Warriors: Timberwolves (segunda), Jazz (dia 30) e Grizzlies (9 de abril), além do Spurs. A equipe precisa de mais 11 vitórias para bater o recorde histórico da NBA, que pertence ao Chicago Bulls da temporada de 1995-96.

OUTROS JOGOS - Ainda que o jogo entre os dois times de melhor campanha tenha concentrado as atenções da NBA na noite de sábado, a rodada teve outras oito partidas, algumas envolvendo times de peso. Caso principalmente da vitória do Miami Heat sobre o Cleveland Cavaliers por 122 a 101.

Em Miami, sua ex-casa, LeBron James fez 26 pontos e terminou como cestinha do jogo. Mas o Heat teve melhor conjunto, com cinco jogadores anotando 18 pontos ou mais. Destaque para Dwayne Wade, que fez 24 e se tornou o 41.º da história da NBA a atingir a marca de 20 mil pontos.

Em Indianapolis, o Oklahoma City Thunder conquistou outra grande vitória, sobre o Indiana Pacers, por 115 a 111. Russell Westbrook voltou a colocar seu nome na história ao anotar o segundo "triple-double" seguido, seu 14.º na temporada. Desde que Magic Johnson conseguiu 17 na temporada 1988-89, ninguém atingia essa marca.

O armador desta vez anotou 14 pontos, pegou 11 rebotes e deu 14 assistências. Ajudou Kevin Durant a brilhar de novo, com 33 pontos. O ala também ficou perto de ter três estatísticas de dois dígitos: pegou 13 rebotes e deu oito assistências. Com os dois nessa forma, quase passou desapercebido que Paul George anotou 45 pontos.

Com Cristiano Felício de titular pela primeira vez na carreira, o Chicago Bulls venceu o Utah Jazz por 92 a 85, em casa. O brasileiro, porém, não correspondeu. Ficou em quadra 12 minutos, fez só quatro pontos e pegou apenas dois rebotes.

Confira os resultados deste sábado:

Charlotte Hornets 93 x 101 Denver Nuggets

Indiana Pacers 111 x 115 Oklahoma City Thunder

Detroit Pistons 115 x 103 Brooklyn Nets

Washington Wizards 99 x 89 New York Knicks

Miami Heat 122 x 101 Cleveland Cavaliers

Atlanta Hawks 109 x 87 Houston Rockets

Chicago Bulls 92 x 85 Utah Jazz

Memphis Grizzlies 113 x 102 Los Angeles Clippers

San Antonio Spurs 87 x 79 Golden State Warriors

Acompanhe os jogos de domingo na NBA:

Dallas Mavericks x Portland Trail Blazers

Toronto Raptors x Orlando Magic

Philadelphia 76ers x Boston Celtics

New Orleans Pelicans x Los Angeles Clippers

Milwaukee Bucks x Utah Jazz

New York Knicks x Sacramento Kings