22°
Máx
14°
Min

Com derrota do Bauru, Guaros encerra domínio brasileiro na Liga das Américas

Contando com apoio maciço da sua torcida, o Guaros de Lara impediu que o Brasil mantivesse o domínio recente na Liga das Américas de basquete, que dá vaga na Copa Intercontinental. Jogando em casa, diante de quase 10 mil torcedores, o time venezuelano tirou vantagem dos desfalques do Bauru e se sagrou campeão na noite deste sábado, quase madrugada de domingo.

Se o Bauru tivesse vencido, chegaria ao bicampeonato e ainda levaria o Brasil ao quarto título consecutivo na competição internacional de clubes. No entanto, a equipe brasileira caiu diante da equipe venezuelana pelo placar de 84 a 79, na cidade de Barquisimeto. Antes do Bauru, Pinheiros e Flamengo se sagraram campeões da Liga.

"O time jogou no limite e mesmo assim não deixou de acreditar nenhum minuto. Isso mostra o comprometimento de cada um aqui dentro. Deixamos corpo e alma na quadra, tivemos muitos obstáculos para chegar até aqui, mas chegamos. Tivemos a chance de ganhar e são coisas de momentos de jogo. Temos que enaltecer a dedicação e esforço de cada um", comentou Demétrius, técnico do Bauru.

O empenho da equipe brasileira não foi suficiente para compensar desfalques importantes, como Rafael Hettsheimeir, Paulinho Boracini e Ricardo Fischer. Os dois primeiros nem viajaram para a Venezuela. Fischer se machucou na semifinal, contra o Flamengo. Uma contusão no joelho direito o tirou do jogo decisivo.

Sem os titulares, o time brasileiro apostou no conjunto para fazer a diferença. Murilo foi o cestinha do Bauru, com 19 pontos. Alex contribuiu com 18 e quase anotou um "double double" ao registrar nove rebotes. Léo Meindl marcou 15 e Jefferson, 12 pontos.

Do outro lado, porém, os reforços norte-americanos do Guaros fizeram a diferença. O ala Damien Wilkins foi o cestinha da final, com 20 pontos. Zach Graham e Tyshawn Taylor anotaram 19 e 18 pontos, respectivamente. Juntos, anotaram 55 dos 84 pontos da equipe venezuelana.

Assim como o treinador Demétrius, o ala/pivô Jefferson evitou lamentar o resultado e exaltou o comprometimento do time brasileiro em quadra. "O nosso time está de parabéns, lutamos até o final, cada jogador se doou até o último minuto. Não contamos com três jogadores muito importantes e os obstáculos foram aparecendo durante a partida. O time jogou no limite, lutamos até o fim. Chegamos muito longe", avaliou.

Com a derrota, o Bauru ficou sem a vaga na Copa Intercontinental. O Guarus será o representante do continente no confronto com o campeão da Euroliga. Na disputa do terceiro lugar, o Mogi das Cruzes derrotou o Flamengo pelo placar de 73 a 71 em confronto brasileiro.