28°
Máx
17°
Min

Curry faz história, é bi e se torna o 1º MVP da NBA de modo unânime

Stephen Curry, o principal jogador do time que bateu o recorde de vitórias na temporada regular da NBA, voltou a fazer história nesta terça-feira ao ser o primeiro atleta a ser eleito de forma unânime o Jogador Mais Valioso (MVP, na sigla em inglês) da liga.

Curry já havia recebido a premiação na temporada passada, em que conduziu o Golden State Warriors ao título do campeonato, e, assim, se tornou o 11º jogador a conquistar o prêmio de MVP na NBA por duas temporadas consecutivas em um reconhecimento aos seus impressionantes disparos de longa distância, além da habilidade exibida com a bola nas mãos.

A NBA revelou que Curry recebeu todos 131 primeiros votos como primeiro lugar da eleição que envolve a imprensa especializada em basquete nos Estados Unidos e no Canadá, o que lhe rendeu 1.310 pontos. Quem mais se "aproximou" do astro foi Kawhi Leonard, do San Antonio Spurs, com 634 pontos.

LeBron James, do Cleveland Cavaliers, foi o terceiro colocado, com 631 pontos. E a relação dos cinco primeiros foi completada por dois jogadores do Oklahoma City Thunder, Russel Westbrook (486 pontos) e Kevin Durant (147). Draymond Green, companheiro de Curry no Warriors, ficou na sexta posição.

Curry, de 28 anos, foi decisivo para o Warriors alcançar a melhor campanha da temporada regular, com 73 vitórias e apenas nove derrotas, além dele e da equipe terem registrados vários outros recordes durante o campeonato.

O astro do Warriors terminou a temporada como seu principal anotador, com média de 30,1 pontos por jogo, além de ter quebrado o seu próprio recorde de cestas de três, com 402 - nunca ninguém havia passado das 300.

Curry também teve médias de 6,7 assistências e 5,4 rebotes por jogo. Ele também liderou a liga com 2,1 roubadas de bola por jogo e registrou aproveitamento de 50,4% dos arremessos de quadra. Além disso, acertou 45,4% dos tiros de três e 90,8% dos lances livres.

Assim, Curry liderou a histórica campanha do Warriors, iniciada com 24 triunfos seguidos e finalizada com a quebra do recorde, que era do Chicago Bulls de Michael Jordan, com 72 vitórias na temporada 1995/1996. Agora tentará conduzir o seu time a mais um título.

A premiação a Curry foi anunciada apenas um dia após ele ter mais uma impressionante atuação, em que ele exibiu o modo como assume o controle de uma partida em questão de segundos. Recuperado de uma lesão no joelho direito, ele retornou ao Warriors com 40 pontos, sendo 17 na prorrogação, na vitória por 132 a 125 sobre o Portland Trail Blazers, fora de casa, deixando o seu time em vantagem de 3 a 1 nas semifinais da Conferência Oeste da NBA.