21°
Máx
17°
Min

Durant brilha, Thunder bate o Spurs em casa e empata série em 2 a 2

O Oklahoma City Thunder precisava vencer o San Antonio Spurs no último domingo, em casa, para não voltar para o Texas praticamente eliminados dos playoffs da NBA. E quanto o time mais precisou, Kevin Durant apareceu para garantir o triunfo. Foi ele quem comandou a arrancada do Thunder na reta final do Jogo 4 e a vitória por 111 a 97, que igualou a série melhor de sete das semifinais da Conferência Oeste em 2 a 2.

O resultado manteve a disputa por uma vaga na decisão do Oeste bastante equilibrada. Spurs e Thunder venceram uma partida fora de casa cada e, com os resultados até o momento, garantiram que a série vai pelo menos até o Jogo 6. Eles voltam a se enfrentar terça-feira, em San Antonio, e depois na quinta, em Oklahoma City. Se for necessário, o Jogo 7 acontecerá novamente no Texas.

No domingo, o Spurs vinha embalado pela vitória em Oklahoma City no Jogo 3 e o Thunder não podia nem pensar em perder se quisesse manter boas chances de classificação. E o começo aconteceu como o time texano queria. Com uma defesa forte e boas atuações de Kawhi Leonard e LaMarcus Aldridge, limitou a dupla formada por Kevin Durant e Russell Westbrook a somente seis arremessos convertidos no primeiro tempo e chegou a abrir 11 pontos de vantagem.

Mas já no fim do segundo período, o Thunder reagiu, muito em função das boas atuações dos coadjuvantes, como Dion Waiters e Steven Adams, que apareceram para o jogo. No terceiro período, Durant finalmente embalou e marcou 12 pontos, mas o Spurs se manteve no jogo.

Só que no último quarto, não teve jeito. O Thunder conseguiu imprimir seu estilo de forte defesa e rápida transição e contou com um momento extremamente iluminado de Durant. Foram 17 pontos para o ala somente nos últimos 12 minutos, um a mais do que todo o time do Spurs no período. Diante de uma atuação tão superior, restou ao texanos assistirem à vitória adversária.

Depois de acertar somente quatro arremessos nos dois primeiros quartos, Durant assumiu o controle da partida na reta final e terminou com 41 pontos, igualando sua melhor marca nos playoffs. Adams (16 pontos e 11 rebotes) e Westbrook (14 pontos e 15 assistências) contribuíram com "double-doubles", enquanto Waiters saiu do banco para ajudar com 17 pontos.

Pelo Spurs, Tony Parker foi o cestinha com 22 pontos, enquanto Kawhi Leonard marcou 21 e LaMarcus Aldridge, 20. Leonard e Aldrige, no entanto, pararam na marcação adversária no segundo tempo e combinaram para somente 12 pontos nos últimos dois períodos.

Os playoffs da NBA seguirão nesta segunda-feira com duas partidas. Perdendo por 2 a 1, o Miami Heat recebe mais uma vez o Toronto Raptors na Flórida precisando da vitória para igualar a série e manter boas chances de classificação. Mesma situação do Portland Trail Blazers, que joga em casa contra o favorito Golden State Warriors, que pode ter o retorno de Stephen Curry.

Na série entre Raptors e Heat, as equipes terão que lidar com as ausências de seus homens de garrafão. O pivô Jonas Valanciunas, do Raptors, torceu o tornozelo no Jogo 3 e está fora do restante do confronto diante do Heat. O time da Flórida, por sua vez, perdeu Hassan Whiteside, que lesionou o ligamento de seu joelho direito e não tem previsão de retorno.