26°
Máx
19°
Min

Em jogo tenso, Thunder vence Mavericks; Portland reduz vantagem do Clippers

Oklahoma City Thunder e Dallas Mavericks fizeram mais um jogo tenso nos playoffs da NBA, na noite deste sábado. Mas, apesar do duelo físico pegado e das provocações, o Thunder se impôs no Texas com a técnica de Russell Westbrook e Kevin Durant pelo placar de 119 a 108, abrindo boa vantagem na série. Em outro jogo deste noite, Portland Trail Blazers bateu o Los Angeles Clippers por 96 a 88, em casa.

Jogando em Dallas, Westbrook foi o nome do jogo ao anotar um "double-double" de 25 pontos e 15 assistências. Durant contribuiu com 19. Mas o cestinha da partida foi o surpreendente turco Enes Kanter. Saindo do banco de reservas, ele anotou 28 pontos nos 25 minutos em que esteve em quadra.

As boas atuações, contudo, acabaram sendo ofuscadas pelo clima hostil dentro de quadra. Após provocações de ambos os lados no jogo de quinta-feira, Westbrook se desentendeu com o tunisiano Salah Mejri, Serge Ibaka discutiu com Dirk Nowitzki e Durant acabou expulso da partida nos minutos finais por falta dura em Justin Anderson.

Se Westbrook foi o destaque do Thunder em performance e no duelo aguerrido em quadra, Nowitzki comandou os anfitriões, com seus 27 pontos. A dupla formada por Wesley Matthews e Raymond Felton contribuiu com 19 pontos cada, o que foi insuficiente para evitar a terceira derrota do Mavericks na série.

Com o placar de 3 a 1 neste confronto, o Thunder encerra a disputa e avança nos playoffs se vencer mais uma partida. Isso pode acontecer já nesta segunda-feira, diante de sua torcida, em Oklahoma City.

Em Portland, o Trail Blazers se manteve na disputa ao reduzir a vantagem do Los Angeles Clippers. Na noite deste sábado, eles venceram por 96 a 88, em casa. Na série, o Clippers lidera por 2 a 1. As duas equipes também voltam a se enfrentar na noite desta segunda-feira.

Para diminuiu a vantagem do Clippers, o Trail Blazers contou com a boa atuação de Damian Lillard, responsável por 32 pontos, cinco rebotes e duas assistências. C.J McColun também foi importante, com seus 27 pontos. Mason Plumlee quase cravou um "double-double": registrou 21 rebotes e nove assistências.

Do lado do Clippers, o destaque foi Chris Paul. Foi o cestinha da equipe, com 26 pontos. Anotou ainda nove assistências. Já Blake Griffin, que vinha sendo o grande destaque do time na temporada, esteve aquém do esperado, ao registrar apenas 12 pontos e sete rebotes.