26°
Máx
19°
Min

Heat bate Raptors e sai na frente; Warriors faz 2 a 0 no Blazers

(Foto: Divulgação) - Heat bate Raptors e sai na frente; Warriors faz 2 a 0 no Blazers
(Foto: Divulgação)

Os playoffs da NBA viveram na terça-feira uma noite imprevisível. As duas partidas da rodada tiveram reviravoltas inesperadas e empolgaram os torcedores. Em Toronto, o Raptors contou com uma bola mágica do meio da quadra no último segundo da partida para levar o Jogo 1 da semifinal da Conferência Leste para a prorrogação, mas aí caiu para o Miami Heat por 102 a 96. Já o Golden State Warriors chegou a ficar bem atrás do Portland Trail Blazers, mas, com uma incrível reação, virou e venceu por 110 a 99 para fazer 2 a 0 na semifinal do Oeste.

No Canadá, Raptors e Heat fizeram um jogo extremamente equilibrado. As duas equipes exibiram fortes defesas e ataques pouco inspirados, sem muita movimentação, o que deixou o confronto truncado, mas bastante parelho. Goran Dragic e Dwyane Wade, na base do talento, eram os destaques ofensivos do time de Miami, enquanto DeMar DeRozan, Jonas Valanciunas e Terence Ross arrancavam na marra os pontos dos canadenses.

Mas no quarto período, mais uma vez o Raptors cedeu à pressão, passou a forçar algumas jogadas no ataque e errou lances bobos, o que permitiu que o Heat abrisse 10 pontos de vantagem. O jogo parecia vencido no minuto final, quando os visitantes sustentavam uma diferença de seis. Só que uma bola de três de Terence Ross e um roubo de bola recolocaram o Raptors na disputa.

Com somente três segundos para o fim, o time da Flórida vencia por dois pontos e tinha dois lances livres na mão de Hassan Whiteside. O pivô converteu somente um, o segundo. Sem tempo para pedir, o Raptors precisou sair com a bola do fundo da quadra e somente um arremesso milagroso de muito longe levaria o duelo para a prorrogação. Foi o que aconteceu. O apagado Kyle Lowry acertou de antes da metade de quadra e fez explodir o ginásio, que já havia perdido vários torcedores que saíram mais cedo, certos da derrota.

Só que nem isso serviu para embalar o Raptors na prorrogação. Foram mais de três minutos e meio sem marcar pontos e o Heat aproveitou para abrir oito. No fim, parecia que o milagre se repetiria quando o time da casa cortou a diferença para três pontos e conseguiu um roubo para ter a última chance de empate a segundos para o término. Só que aí foi a vez de Wade também roubar a bola e garantir a vitória dos visitantes.

Wade marcou 24 pontos e foi o destaque da vitória ao lado do armador Goran Dragic, cestinha com 26. Pelo lado do Raptors, destaque para os 24 pontos e 14 rebotes de Valanciunas, os 22 pontos de DeRozan e os 19 de Terence Ross. Lowry mais uma vez foi muito mal, acertou somente três de 13 arremessos tentados e terminou com sete pontos.

Em Oakland, o Warriors teve menos trabalho para derrotar o Blazers, o que não significa que o duelo não tenha sido emocionante. Os donos da casa se viram bem atrás do placar em duas oportunidades e mais uma vez não contaram com seu principal astro, o armador Stephen Curry, lesionado. Mesmo assim, buscaram uma incrível reação no quarto período para abrir 2 a 0 na série e encaminhar a classificação à decisão da conferência.

Ao contrário do Jogo 1, quando foi batido com facilidade, o Blazers ditou o ritmo no início da partida, conseguiu incomodar o Warriors e terminou o primeiro período vencendo por 13 pontos. O time da casa reagiu no segundo quarto, mas mais uma vez viu o adversário abrir no terceiro, graças aos 17 pontos de Damian Lillard no período.

Indo para o quarto final, parecia que o Warriors enfim seria batido em casa nos playoffs, mas o time da casa mostrou por que é o atual campeão da NBA e em poucos minutos liquidou a diferença. Venceu o último período por 34 a 12 e teve até facilidade nos últimos minutos para garantir o resultado.

Agora, com 2 a 0 de vantagem, vai para Portland podendo fechar a série se vencer as duas partidas fora de casa. Há a possibilidade de que Curry volte em um destes jogos. Já no Leste, o Raptors receberá o Heat mais uma vez nesta quinta precisando do resultado positivo para impedir que o adversário abra 2 a 0.

Os playoffs da NBA terão sequência nesta quarta à noite com apenas uma partida. Depois de vencer o primeiro jogo em casa, o Cleveland Cavaliers volta a receber o Atlanta Hawks na busca pela segunda vitória, que o aproximaria da final do Leste.