22°
Máx
14°
Min

Horas depois de troca, Anderson Varejão é dispensado pelo Portland Trail Blazers

(Foto: Divulgação) - Horas depois de troca, Anderson Varejão é dispensado pelo Portland Trail Blazers
(Foto: Divulgação)

Horas depois de ser adquirido pelo Portland Trail Blazers, Anderson Varejão foi dispensado nesta quinta-feira pela franquia de Oregon. O atleta agora está na lista de "waivers" da NBA, ou seja, quem contratá-lo nas próximas 48 horas terá que arcar com seu contrato de US$ 25 milhões de salário até a temporada 2017/2018.

Caso nenhuma equipe queira fazer uma proposta para o veterano de 33 anos, o Blazers terá que pagar este valor em cinco anos e o pivô fica livre para assinar com qualquer time, menos o próprio Blazers e o Cleveland Cavaliers. O jornalista David Aldridge, do site oficial da NBA, informou que o brasileiro deve ser alvo de equipes que lutam por vagas nos playoffs.

Dispensar jogadores recém-adquiridos é uma estratégia usada na liga norte-americana de basquete para abrir espaço no teto salarial dos times.

Atleta do Cavaliers desde 2004, Varejão foi incluído no último dia de transferências da NBA em um acordo envolvendo três equipes. O pivô foi enviado ao Blazers junto de uma escolha de primeira rodada para o Draft de 2018 pelo time de Cleveland, que, por sua vez, recebeu o ala/pivô Channing Frye do Orlando Magic. A franquia da Flórida ficou com o armador Jared Cunningham e um escolha de segunda rodada de Draft.

Na atual temporada, Varejão atuou em somente 31 partidas - nenhuma como titular - e somou as tímidas médias de 2,6 pontos e 2,9 rebotes por jogo.