22°
Máx
14°
Min

Lakers confirma contratação do técnico Luke Walton, auxiliar do Warriors

O Los Angeles Lakers confirmou neste sábado a contratação de Luke Walton para substituir o técnico Byron Scott, dispensado no início da semana. Walton, que já era especulado desde a semana passada, é o atual auxiliar-técnico do Golden State Warriors, atual campeão da NBA e dono da melhor campanha na temporada regular. Ele vai se apresentar ao Lakers ao fim dos playoffs do campeonato.

Assim como Scott, Walton também foi ex-jogador do Lakers. Mas é mais novo e está em início de carreira. Aos 36 anos, é auxiliar-técnico de Steve Kerr no Warriors e comandou o time de Oakland na fantástica sequência de 24 vitórias do início desta temporada, em razão de uma cirurgia nas costas de Kerr.

"Estamos empolgados por trazer Luke de volta a Los Angeles, onde achamos que ele vai iniciar uma excelente carreira como treinador", disse Mitch Kupchak, um dos principais dirigentes do Lakers. "Ele é um dos jovens treinadores mais brilhantes da atualidade e estamos felizes por ele aceitar liderar nosso time no futuro."

Walton foi bicampeão da NBA pelo Lakers, entre os anos de 2009 e 2010. Três anos depois, anunciou sua aposentadoria. No Warriors, atua como auxiliar-técnico pelo segundo ano seguido. Antes disso, foi treinador do Los Angeles D-Fenders, equipe ligada ao Lakers que disputa a D-League, que é a liga de desenvolvimento do basquete norte-americano.

No comando do Lakers, o novo treinador terá a dura missão de tentar reviver os melhores anos da franquia, na ressaca das duas piores temporadas do time na história da NBA. Sob o comando de Byron Scott, o Lakers decepcionou a torcida com pífias atuações e resultados incompatíveis com a trajetória da equipe, a segunda maior vencedora de títulos da liga, com 16 troféus.

Na temporada 2014/2015, foram somente 21 vitórias em 82 partidas, número superior à campanha deste ano, quando o time venceu apenas 17 vezes. Em dois anos de Lakers, Scott registrou a marca de 38 vitórias e 126 derrotas. Agora, com a saída do treinador e a aposentadoria do ídolo Kobe Bryant, o Lakers tentará se reerguer na NBA.