27°
Máx
13°
Min

Philadelphia 76ers seleciona australiano em 1ª escolha do Draft da NBA

O Philadelphia 76ers recrutou, na noite de quinta-feira, o australiano Ben Simmons da Universidade do Estado da Luisiana (LSU, na sigla em inglês), como a primeira escolha do Draft da NBA. O versátil ala de 2,08 metros teve médias de 19,2 pontos, 11 rebotes e 4,8 assistências no seu único ano na liga universitária de basquete dos Estados Unidos. Com esses números, foi o único jogador na história da Conferência Sudeste a terminar nos cinco primeiros lugares em todas as três categorias.

Ele chegará à NBA entre algumas dúvidas - acertou apenas um arremesso de três. Mas o seu potencial era demasiado tentador para o 76ers deixá-lo passar. O time da Filadélfia não tinha direito a fazer a primeira escolha há 20 anos, quando escolheu Allen Iverson. O último jogador da LSU a ser recrutado como a primeira seleção foi Shaquille O'Neal, que em setembro entrará formalmente no Hall da Fama do basquete junto com Iverson.

Os torcedores do 76ers que acompanharam o Draft no Barclays Centers, no Brooklyn, aclamaram a escolha da sua equipe, com a esperança de que Simmons ajude a deixar para trás três péssimas temporadas. Na 2015/2016, o time da Filadélfia acumulou dez vitórias e 72 derrotas, com apenas um triunfo a mais do que a pior campanha da história da NBA em uma temporada de 82 jogos.

O Los Angeles Lakers teve o direito de realizar a segunda escolha, assim como no ano passado, e recrutou Brandon Ingram, de Duke, que tem médias de 17,3 pontos. Ingram foi nomeado o melhor calouro na Conferência da costa do Atlântico. Ele se tornou o último jovem a se juntar a uma equipe que busca renascer depois da aposentadoria de Kobe Bryant.

Depois, o Boston Celtics escolheu Jaylen Brown, da Califórnia. O time teve direito a oito seleções nas primeiras rodadas do recrutamento, em razão de negociações recentes com outras equipes. O croata Dragan Bender, de 2,15m, foi selecionado pelo Phoenix Suns. Ele estava no Maccabi Tel-Aviv, de Israel, sendo o quarto escolhido.

As escolhas de Simmons e Brander, aliás, abriram caminho para que 14 dos 30 primeiros jogadores selecionados no Draft da NBA nesta quinta fossem estrangeiros, superando a marca de 12 de 2013.

Além das escolhas de vários estrangeiros, a noite do Draft também ficou marcada pelas trocas. Na principal delas, o Oklahoma City Thunder cedeu Serge Ibaka para o Orlando Magic e recebeu Victor Oladipo e Ersan Ilyasova, além dos direitos sobre Domantas Sabonis, o 11º a ser recrutado no Draft.

Três brasileiros - Danilo Fuzaro, Deryk Ramos e Leonardo Demétrio - estavam inscritos para o Draft, mas nenhum deles foi selecionado pelas equipes da NBA.