24°
Máx
17°
Min

Ricardo Fischer será operado e perde chance de defender basquete do Brasil no Rio

Uma das revelações do basquete nacional, o armador Ricardo Fischer vai perder a chance de defender a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Lesionado na Liga das Américas, ele teve constatada nesta terça-feira uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito que vai exigir cirurgia, ainda sem data definida.

Pelo resultado do exame, Fischer precisará de seis a oito meses para se recuperar completamente, acabando com qualquer chance de jogar no Rio, em agosto. O armador era cotado para ser reserva da seleção na Olimpíada. Para a posição, o técnico Rubén Magnano tem Marcelinho Huertas, Raulzinho, Larry Taylor e Rafael Luz.

"Hoje é o momento mais difícil da minha carreira, tive ruptura de LCA e terei que passar por cirurgia no joelho", lamentou Fischer, nas redes sociais. "Muitos sonhos e objetivos adiados, mas Deus sabe o que faz. Obrigado a todos pelas inúmeras mensagens de carinho e preocupação. Estarei do lado de fora ajudando meus companheiros no que for preciso!", declarou.

O armador se machucou na partida do Bauru contra o Flamengo, na semana passada, pela semifinal da Liga das Américas, na Venezuela. Sem condições físicas, acabou desfalcando o time paulista na decisão da competição. No jogo decisivo, o Bauru foi derrotado pelo anfitrião Guaros de Lara, que conquistou com o título.