22°
Máx
16°
Min

Seleção feminina de basquete se recupera e vence 3º amistoso contra Cuba

Apesar do sufoco passado na partida de sábado, quando precisou da prorrogação para anotar apenas 69 pontos e conseguir a vitória, a seleção brasileira feminina de basquete encerrou invicta a série de três amistosos contra Cuba. Na manhã deste domingo, cerca de 19 horas após o encerramento do último jogo, o Brasil voltou à quadra para vencer por 76 a 54, novamente em Campinas.

A deficiência da partida da véspera, porém, se repetiu neste domingo. No primeiro tempo, o Brasil só conseguiu anotar 29 pontos - foram 21 no sábado -, número muito baixo para uma seleção adulta. O time, entretanto, se recuperou na segunda metade da partida e encaminhou uma vitória com boa folga.

Nos três jogos, o técnico Antonio Carlos Barbosa escalou a equipe titular da mesma forma, com Joice, Iziane, Palmira, Nádia e Karina Jacob. Neste domingo, a cestinha foi a ala Tati, que saiu do banco para marcar 13 pontos. Karina e Joice nem pontuaram, enquanto Iziane, destaque no sábado, desta vez fez só dois pontos. O restante do time foi bem. A armadora Nádia, as alas Palmira e Pati e as pivôs Nádia e Kelly Somaram todas entre 11 e 13 pontos.

Essa é a primeira vez que o técnico Antônio Carlos Barbosa trabalha com a real seleção brasileira. Em janeiro, ele assumiu o comando da equipe treinando um time que sofreu com o boicote dos principais clubes do País, exceto o Sampaio Corrêa. Acabou precisando recorrer a jovens da segunda divisão do Campeonato Paulista para disputar o evento-teste.

Agora, ele só não conta com Adrianinha, machucada, e as pivôs Erika, Clarissa e Damiris. Essa última anunciou na quinta-feira que não vai jogar a WNBA, para poder se preparar melhor para a Olimpíada. Erika e Clarissa, por outro lado, estarão na WNBA, que só faz pausa para o Rio-2016 em 22 de julho, a duas semanas da abertura.

Por enquanto, Barbosa vai trabalhando com um grupo de 15 atletas, das quais nove devem ficar para a Olimpíada. Ele precisa escolher 12 para disputar o Sul-Americano na Venezuela, a partir de sexta-feira. O Brasil terá como adversários na primeira fase Uruguai (sexta), Chile (sábado), Colômbia (domingo) e Paraguai (terça). O time viaja na próxima quarta.