22°
Máx
14°
Min

Sem Curry, Warriors massacra Rockets e se garante nas semifinais do Oeste

(Foto: Divulgação)  - Sem Curry, Warriors massacra Rockets e se garante nas semifinais do Oeste
(Foto: Divulgação)

O Golden State Warriors nem precisou de Stephen Curry para se garantir com facilidades nas semifinais da Conferência Oeste. Na noite de quarta-feira, em Oakland, os atuais campeões da NBA fecharam a série válida pela primeira rodada dos playoffs em 4 a 1 ao massacrarem o Houston Rockets por 114 a 81.

Com Curry acompanhando a partida do banco de reservas, pois se recupera de uma leve lesão no joelho direito, o Warriors impôs ritmo alucinante no primeiro quarto, vencido por 37 a 20, e teve o controle de todo o restante da partida diante de um adversário que não teve força para levar a série para o sexto duelo.

Klay Thompson brilhou pelo Warriors com 27 pontos, incluindo sete cestas de três. Já Draymond Green acumulou 15 pontos, nove rebotes e oito assistências. Shaun Livingston, que substituiu Curry no quinteto inicial, marcou 16 pontos, tendo anotado ao menos dez pela terceira partida consecutiva.

James Harden marcou 25 dos 37 pontos do Rockets no primeiro tempo e fechou o jogo como cestinha, com 35. Já Dwight Howard capturou 21 rebotes, mas anotou apenas oito pontos na despedida do time de Houston do campeonato.

O brasileiro Leandrinho Barbosa somou nove pontos, quatro rebotes e três assistências nos 17 minutos em que atuou pelo Warriors, enquanto Anderson Varejão ficou em quadra por sete minutos, com três rebotes, duas assistências e um ponto.

O adversário do Warriors nas semifinais da Conferência Oeste sairá do duelo entre Portland Trail Blazers e Los Angeles Clippers. E o Blazers desempatou a série e fez 3 a 2 ao triunfar, na noite de quarta-feira, no Staples Center por 108 a 98. O sexto jogo da série está marcado para sexta-feira e vai ser disputado em Portland.

CJ McCollum se destacou pelo Blazers ao marcar 27 pontos, enquanto Damian Lillard foi decisivo no último período, quando anotou 16 dos seus 22 pontos na partida, ajudando a assegurar o triunfo do time de Portland, que se aproveitou das ausências dos lesionados Chris Paul e Blake Griffin no Clippers.

Na quarta parcial, vencida por 37 a 27, o Blazers acertou seis arremessos de três, sendo cinco de Lillard. Maurice Harkless acumulou 19 pontos e dez rebotes, enquanto Mason Plumlee somou 15 rebotes e dez pontos pelo time de Portland. J.J. Redick liderou o Clippers com 19 pontos e Jamal Crawford, eleito o Melhor Sexto Homem da NBA, fez 17 atuando na posição de Paul.

Após perder os dois primeiros jogos para o Miami Heat, o Charlotte Hornets virou a série para 3 a 2 ao conseguir três triunfos consecutivos, o último deles na noite de quarta-feira, fora de casa, por 90 a 88. Assim, poderá se classificar às semifinais da Conferência Leste nesta sexta-feira, caso vença o Jogo 6, em que será mandante.

Uma cesta de três de Courtney Lee a 25s2 do fim do último quarto determinou o triunfo do Hornets. O Heat, porém, reclamou bastante da arbitragem, por uma suposta falta que não foi marcada a 2s6 do final, quando Dwyane Wade tentava capturar um rebote após arremesso errado de Goran Dragic.

Marvin Williams liderou o Hornets com 17 pontos, enquanto Al Jefferson e Kemba Walker fizeram 14 para o time de Charlotte, que voltou a vencer um jogo nos playoffs como visitante após 14 anos. Já Jeremy Lin anotou outros 11 pontos. Dwyane Wade foi o cestinha da partida com 25 pontos pelo Heat. Luol Deng anotou 15, Joe Johnson fez 13 e Hassan Whiteside finalizou o duelo com 12 rebotes e 11 pontos.

Os playoffs da NBA prosseguem nesta quinta-feira com a sexta partida entre Boston Celtics e Atlanta Hawks. O Hawks lidera a série por 3 a 2 e avança às semifinais da Conferência Leste em caso de nova vitória.