22°
Máx
17°
Min

Warriors atropela Cavaliers com show de Green e abre 2 a 0 na final da NBA

(Foto: Divulgação)  - Warriors atropela Cavaliers com show de Green e abre 2 a 0 na final da NBA
(Foto: Divulgação)

"A gente não fez nada, não foi melhor do que eles em nada". A declaração, de LeBron James, resume o que foi a segunda partida da final da NBA, domingo à noite, em Oakland. Só deu Golden State Warriors, que dominou todos os fundamentos do jogo para vencer por 110 a 77 e abrir 2 a 0 na decisão. A próxima partida é quarta-feira, em Cleveland, com o Cavaliers pressionado não só por não ter roubado o mando de quadra, mas principalmente pelas atuações ruins.

Se o Warriors foi melhor em todos os fundamentos, o melhor do jogo foi quem mais se encaixa nesse perfil: Draymond Green, que anotou 28 pontos, deu cinco assistências e pegou sete rebotes. Foram cinco bolas de três pontos do ala-pivô, um dos jogadores mais completos da NBA na atualidade.

MVP da temporada, Stephen Curry não teve uma atuação de gala, ainda que seus números impressionem: 18 pontos, nove rebotes, quatro assistências. Ele acertou quatro bolas de três, assim como Klay Thompson, que terminou com 17 pontos.

Com a grande atuação do trio, desta vez o banco, fundamental na vitória no primeiro jogo, não foi determinante. A exceção foi Leandrinho. O brasileiro anotou 10 pontos e chegou a 21 nos dois jogos das finais, com só dois arremessos desperdiçados. Nos 17 minutos em que ele esteve em quadra no domingo à noite, o Warriors anotou 21 pontos a mais do que sofreu. Saiu aplaudido de pé pela torcida, em reconhecimento. Anderson Varejão não jogou.

O Cavaliers, que dispensou o pivô brasileiro em fevereiro, tentou espelhar o Warriors, jogando boa parte da partida com cinco jogadores abertos, sem ninguém debaixo do garrafão, e se deu mal. O time da casa pegou 12 rebotes a mais.

A atuação dos principais nomes da franquia de Cleveland também não ajudou: LeBron James errou 10 dos 17 arremessos de quadra que tentou e fez só 19 pontos. Ele ficou perto de um peculiar 'quadruple double', uma vez que teve oito rebotes, nove assistências e incríveis sete desperdícios. O armador Kyrie Irving fechou a partida com uma única assistência.

Já Kevin Love jogou por apenas por 20 minutos. Ele levou uma cotovelada não intencional de Harrison Barnes no segundo quarto e, depois do intervalo, sentiu tontura e foi encaminhado de volta ao vestiário. Os médicos da NBA o colocaram no protocolo de concussão, o que torna o jogador inapto para jogar a não ser que novos exames comprovem que ele está 100% recuperado.

Quando ele saiu do jogo deste domingo, o Warriors já atropelava. A partida foi parelha até meados do segundo quarto, quando Green acertou duas seguidas de três. O Warriors foi de um para 12 pontos de folga e não foi mais alcançado. No intervalo, a diferença era de 18. No começo do último quarto, Leandrinho fez três cestas seguidas, a vantagem pulou para 29, e o jogo acabou ali.