22°
Máx
17°
Min

Warriors cai para o Blazers e sofre 1ª derrota; Raptors vira série contra o Heat

(Foto: Divulgação)  - Warriors cai para o Blazers e sofre 1ª derrota; Raptors vira série contra o Heat
(Foto: Divulgação)

Ainda sem o lesionado Stephen Curry, o Golden State Warriors sofreu sua primeira derrota na série diante do Portland Trail Blazers pelas semifinais da Conferência Oeste da NBA, no último sábado. Em casa, o Blazers se beneficiou de uma arma bastante utilizada pelo adversário para vencer por 120 a 108 e diminuir a desvantagem no confronto para 2 a 1: os arremessos de três.

Foram 17 bolas de longa distância convertidas pelos anfitriões. Também assim como acontece com o Warriors normalmente, boa parte delas saiu das mãos do armador da equipe. Damian Lillard, em noite extremamente inspirada, converteu oito dos 13 arremessos de três que tentou e terminou com 40 pontos, além de 10 assistências.

Foi ele o principal responsável pela reação do Blazers, que não começou bem e viu o Warriors abrir vantagem no primeiro quarto. Principalmente porque Klay Thompson marcou 18 pontos somente no período inicial e liderou o time de Oakland. Mas já no quarto seguinte, tudo mudou.

Lillard tomou conta do jogo, aproveitou a insistência do Warriors de colocar jogadores mais altos na sua marcação e ganhou na agilidade. Foram 14 pontos para ele no segundo período, e o time que estava perdendo por oito pontos no fim do primeiro quarto, foi para o intervalo vencendo por 12.

Em nenhum momento no segundo tempo, o Warriors ameaçou a vitória. Lillard seguiu em grande noite, o nigeriano Al-Farouq Aminu apareceu para auxiliá-lo e C.J. McCollum, após um primeiro tempo mais tímido, também fez seu trabalho para diminuir a diferença do Warriors na série.

Se Lillard foi o cestinha do confronto, Aminu também teve uma atuação acima do esperado ao fazer 23 pontos e pegar 10 rebotes. McCollum ainda anotou 22 pontos. De nada adiantou as grandes atuações de Draymond Green (37 pontos, nove rebotes e oito assistências) e Klay Thompson (35 pontos) pelo Warriors.

Ainda atrás por 2 a 1 na série, o surpreendente Blazers volta a receber o Warriors nesta segunda-feira para o Jogo 4. Stephen Curry participou da equipe de Oakland no sábado, mostrou boa recuperação da lesão no joelho, mas sua presença na partida ainda é incerta.

RAPTORS VENCE - Na outra partida do dia, o Toronto Raptors mostrou que está mesmo disposto a deixar o histórico recente de eliminações traumatizantes nos playoffs da NBA. No Jogo 3 da série diante do Miami Heat pela semifinal do Leste, foi à Flórida e recuperou o mando de quadra ao vencer por 95 a 91.

O grande personagem deste triunfo acabou sendo Kyle Lowry. Depois de um péssimo início de playoffs, com partidas ruins contra Indiana Pacers e o próprio Heat, ele foi flagrado treinando arremessos logo após o fim do Jogo 1 contra o time de Miami. E parece ter dado certo, porque no sábado foi ele quem levou o Raptors à vitória e à liderança na série, agora por 2 a 1.

Mais uma vez, Heat e Raptors fizeram um jogo bastante equilibrado, mas limitado no ataque. Lowry conduziu o time canadense, que chegou a abrir 10 pontos no terceiro período, vantagem que foi liquidada neste mesmo quarto graças a uma grande atuação de Dwyane Wade.

O último período, então, foi um duelo particular entre os dois jogadores. Wade fez o Heat abrir seis pontos de vantagem, mas o dia era mesmo de Lowry. O armador do Raptors fez 14 pontos no quarto e acertou cinco arremessos consecutivos que levaram a equipe à vitória. Joe Johnson ainda teve a chance do empate, mas errou.

Foram 33 pontos para Lowry, que ainda contou com o auxílio de Jonas Valanciunas, autor de 16 pontos e 12 rebotes. O pivô, no entanto, saiu lesionado no início do terceiro período. Mas o cestinha acabou sendo mesmo Wade, autor de 38 pontos.

Agora em vantagem por 2 a 1, o Raptors estará nas finais do Leste se vencer suas últimas partidas em casa. Mas as equipes ainda voltam a se enfrentar em Miami nesta segunda-feira antes de voltarem a Toronto.

Os playoffs da NBA terão sequência neste domingo com dois jogos. Vencendo por 3 a 0, o Cleveland Cavaliers enfrenta o Atlanta Hawks fora de casa e precisa de uma vitória para "varrer" o adversário. Já o Oklahoma City Thunder recebe novamente o San Antonio Spurs perdendo por 2 a 1 e precisando de um triunfo para se manter na disputa.