22°
Máx
14°
Min

Cavendish vence etapa e Froome mantém liderança da Volta da França

Os britânicos tomaram conta da festa na 14.ª etapa da Volta da França, neste sábado, nos 208,5 quilômetros entre as regiões de Montélimar e Villars les Dombes. Mark Cavendish mostrou por que é um dos grandes ciclistas de todos os tempos em longas distâncias e venceu mais um estágio da mais tradicional prova da modalidade, mas quem mais comemorou foi Chris Froome, que terminou junto do pelotão principal e manteve-se na liderança geral do evento.

Froome deu novo exemplo de sua regularidade neste sábado. Se venceu somente uma etapa da competição até o momento, segue na ponta da classificação e é grande candidato a defender o título do ano passado. Com o resultado do dia, manteve um minuto e 47 segundos de vantagem para o holandês Bauke Mollema, segundo colocado, e dois minutos e 45 segundos para outro britânico, Adam Yates.

Froome manteve a camisa amarela como líder geral, enquanto a camiseta branca de bolinhas vermelhas (melhor montanista) permaneceu com Thomas De Gendt. Peter Sagan continua com a camiseta verde (melhor velocista), Adam Yates tem a branca (melhor jovem) e a BMC Racing segue como a melhor equipe.

Por outro lado, Cavendish escreveu mais uma vitoriosa página de sua história na Volta da França. O britânico faturou simplesmente seu 30.º triunfo em etapas da competição e é o segundo ciclista que mais venceu no evento, atrás somente do belga Eddy Merckx, pentacampeão, que tem 34.

Cavendish, no entanto, não mantém o bom desempenho em trechos montanhosos e por isso está longe das primeiras colocações na classificação geral. Ele é apenas o 165.º, quase duas horas e meia atrás de Froome.

Neste sábado, o clima de luto pelo ataque terrorista ocorrido há dois dias na cidade de Nice continuava. Antes do início da etapa, foi respeitado um minuto de silêncio em respeito às 84 pessoas que morreram depois que um caminhão avançou contra uma multidão, reunida para assistir aos fogos de artifício do Dia da Bastilha na Riviera francesa.

Com a largada dada, Martin Elmiger, Alex Howes, Jeremy Roy e Cesare Benedetti saíram na frente, mas não aguentaram o ritmo e perderam velocidade na parte final da prova. Nos últimos metros, a diferença entre os primeiros ciclistas era apenas visual. Parecia que o alemão Marcel Kittel levaria a melhor, mas Cavendish, bem mais veloz, obrigou o adversário a abrir espaço para cruzar na frente e vencer o estágio.

Os ciclistas agora se preparam para a 15.ª etapa da Volta da França, que acontecerá neste domingo. Eles terão que percorrer um trecho montanhoso de 160 quilômetros nos Alpes, entre as regiões de Bourg-en-Bresse e Culoz.